Pref. CORONADENGUE
Ecoville – Maior rede de limpeza
Variedades

5 destinos para fazer turismo rural

Os centros urbanos brasileiros são, na maior parte das vezes, movimentados e caóticos. Se você quer fugir dessa correria do dia a dia ou simplesmente conhecer lugares poucos explorados em terras tupiniquins, saiba que há incríveis destinos de Norte a Sul que esbanjam simplicidade e tranquilidade e oferecem o que o país tem de melhor: as belezas naturais. De acordo com uma pesquisa da Demanda Turística Internacional, a natureza é o segundo maior motivo pelo qual os estrangeiros visitam o Brasil, perdendo apenas para as praias. Confira, abaixo, cinco deles e desacelere!

Gravatá(PE)

Casa do eletricista PRESSURIZADORES

O Nordeste brasileiro é repleto de belezas naturais, e um desses exemplos é a cidade de Gravatá, localizada a apenas 84 km da capital Recife. Nesse destino, você pode desfrutar de um tempo ameno, com máxima de 22°C e mínima de 10°C. Para aproveitar essas temperaturas mais baixas, você pode se deleitar com a culinária local, repleta de massas e fondues. Relaxe e contemple a paisagem verde composta por rios, cachoeiras, piscinas naturais, vales e matas fechadas. Você pode visitar a capela de Sant’ana, inaugurada em 1822, e a estátua do Cristo Redentor, localizada no Alto do Cruzeiro e acessada por meio da escada da felicidade, que tem 365 degraus.

Cabaceiras (PB)

Com apenas cinco mil habitantes, ostenta o título de “Roliúde brasileira”. Não é por menos: na região, foram gravados cerca de 25 filmes – entre eles, “O Auto da Compadecida”, uma adaptação da obra de Ariano Suassuna. Fica no Planalto da Borborema, a 180 quilômetros de João Pessoa. O destino oferece vistas incríveis, sítios arqueológicos, além de construções charmosas e imponentes. Um dos pontos turísticos mais apreciados é o Lajedo de Pai Mateus, uma formação rochosa com mais de 100 blocos de granito.            

Venda Nova do Imigrante (ES)

Esse destino fica a 110 km de Vitória. O forte são as diversas fazendas de café, onde os turistas podem acompanhar todo o processo de colheita e produção, além de levar café de boa qualidade para casa. São cerca de 70 propriedades e 300 famílias com essa finalidade. Não deixe de visitar a espetacular cachoeira do Alto Bananeira, que tem sete quedas d’água, e as Fazendas Carnielli e Lourenção, onde você pode adquirir, além de café, outras iguarias como queijos, geleias e linguiças.

Vassouras (RJ)

Quer conhecer a história dos homens poderosos do café? Então, esse é o lugar perfeito para você. A cidade era conhecida por ser a terra dos barões do café no século XIX. A história é contada por meio da arquitetura colonial e de locais como o Museu Casa da Hera, que mostra como eram as habitações e o estilo de vida dessas famílias. Há diversas fazendas abertas à visitação. Um exemplo é a Cachoeira Grande, habitada pelo Barão de Vassouras e datada de 1820. Lá perto, no distrito de Sacra Família, você pode visitar o Jardim Uaná Etê, com trilhas, bosques, deques e gramados. Passagens aéreas, partindo de Curitiba para a capital do Rio de Janeiro, custam em média R$400 durante o ano inteiro.       

Bento Gonçalves (RS)

Essa é a capital brasileira do vinho. É ideal para quem aprecia a bebida, já que possui diversas propriedades nas quais o turista pode conhecer o processo de produção e fabricação, além de degustar incríveis vinhos da região. Para se ter uma ideia, a cidade sedia a Avaliação Nacional de Vinhos e o Concurso Internacional de Vinhos do Brasil, que, só no ano de 2014, contou com 709 amostras de vários países ao redor do mundo, além da tradicional Fenavinho (Festa Nacional do Vinho), que existe desde 1967. Mas esse não é o único atrativo do destino. Bento Gonçalves possui paisagens impressionantes formadas por cachoeiras, vales, rios e cavernas, além do Parque Epopéia Italiana, que possui dois mil metros quadrados e conta a história dos imigrantes no Brasil.

TOPO