Copagril
Variedades

Brasileiros do Cirque du Soleil lamentam morte de acrobata

David Fox
A acrobata Sarah Guyard-Guillot tinha 31 anos

Brasileiros conhecidos por participações em espetáculos do Cirque du Soleil lamentaram a morte de Sarah Guyard-Guillot, de 31 anos. A acrobata, conhecida como Sassoon, morreu no sábado (29) no University Medical Center de Las Vegas (nos Estados Unidos), depois de ter caído durante seu número no show “Kà” do teatro MGM Grand.

“Minhas profundas condolências a todas as pessoas no ‘Kà’. Meu apoio, pensamentos e coração estão com vocês”, escreveu o acrobata paulista Alessandro D’Agostini, em sua página no Facebook. Ele faz parte do Cirque du Soleil há 13 anos. O mineiro Kleber Conrado Berto, que já atuou no show “Kà” e participou do Cirque du Soleil até 2010, escreveu: “Todo o meu amor para todos do ‘Kà no Cique du Soleil’. Descanse em paz, minha amiga”.

Casa do Eletricista ESCAVAÇÕES

“O show nunca mais será o mesmo! Muita força para a família da querida amiga de trabalho e muita oração. (…) Momento difícil e de dúvidas! Obrigado pelo carinho!”, escreveu Reinaldo Noguti, de Araraquara (SP), que mora em Las Vegas para trabalhar no Cirque. Sarah caiu de uma distância de 15 metros, segundo comunicado divulgado pela companhia no domingo (30).

Os shows do “Kà” estão cancelados por enquanto. Ela estava suspensa por um cabo, mas caiu em um poço. “Toda a família do Cirque du Soleil está profundamente triste pela morte acidental de Sarah (Sassoon) Guyard, artista da produção Kà”, escreveu o circo em um comunicado emitido no domingo.

TOPO