Fale com a gente

Variedades Humor crítico

Marcelo Adnet sobre imitações e críticas a Jair Bolsonaro: “Perigoso, mas necessário”

Publicado

em

(Foto: Divulgação/Instagram)

O humorista Marcelo Adnet comentou os “riscos” de imitar e criticar o presidente Jair Bolsonaro. O ator, que satiriza a figura política nos programas “Sinta-se Em Casa” e “Tá no Ar”, acredita que o humor é uma necessidade para a crítica.

“Acho que o Bolsonaro sempre esteve em alta. Esse homem que era louco, solitário… Esse cara que ficava na frente do Congresso, que não foi uma ditadura… Esse lunático, que foi abraçado pela classe política, foi eleito o representante”, explicou Adnet em entrevista no programa Roda Viva.

“Ele sempre esteve em alta, falar contra ele sempre foi perigoso, houve reação violenta. É estressante, mas necessário. Não sou dono da verdade, nunca fui, estou pronto para ouvir e mudar, mas tenho minhas convicções e tenho que ser fiel a elas”, disse o humorista.

“Quanto mais uma figura que eu considero perigosa subir, maior meu ímpeto. Faço esse programa em casa para minha saúde mental também, para botar para fora o que sinto”, acrescentou.

 

Com Jetss

Clique aqui e participe do nosso grupo no WhatsApp

Facebook