Variedades

Nunca agredi ninguém, diz Victor Chaves ao Fantástico

 

Reprodução
Victor Chaves: A única coisa que eu posso dizer é que a minha família é o meu único bem maior

Em entrevista ao Fantástico na noite de domingo (26), Victor Chaves falou pela primeira vez sobre a suposta agressão que teria cometido contra a mulher, Poliana Bagatini, grávida de quatro meses, no apartamento do casal, em Belo Horizonte (MG), na sexta (24). O sertanejo foi acusado de jogá-la no chão e chutá-la várias vezes.

O cantor negou as acusações e se defendeu dizendo que nunca agrediu absolutamente ninguém. A única coisa que eu posso dizer é que a minha família é o meu único bem maior, afirmou o cantor. Absolutamente, nunca agredi ninguém, afirmou. Victor é jurado do programa The Voice Kids, da TV Globo. Após a divulgação do caso, ele teria pedido para sair do programa.

Casa do Eletricista – RETOMA

Toda essa situação me pegou de surpresa, quero continuar protegendo a minha família dessa exposição altamente negativa, disse.

A entrevista foi realizada num hangar particular do aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte. Poliana Bagatini estava no local, mas não quis se pronunciar. O integrante da dupla Victor e Leo pediu que imagens da mulher e da filha fossem feitas apenas de costas, para preservá-las.

A briga teria ocorrido no apartamento do casal, no bairro do Luxemburgo, região nobre da capital mineira. Poliana teria sido impedida por um segurança e pela irmã do cantor de sair do local e só conseguiu depois que uma vizinha ouviu os gritos e a ajudou.

De acordo com a assessoria de comunicação da Polícia Civil, Poliana foi até a Delegacia Seccional Sul, registrou ocorrência. Depois, seguiu para fazer exame de corpo de delito na Delegacia de Mulheres, mas deixou o local de realizá-lo. Um inquérito foi instaurado e o caso agora será investigado pela delegada Danúbia Quadro, da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher, Idoso e Deficiente.

Neste domingo, uma carta atribuída a Poliana Bagatine, mulher de Victor Chaves, foi divulgada pelo irmão do sertanejo, Léo Chaves. De uma hora para outra, vi meu nome e de minha família expostos na mídia. Me senti no dever de esclarecer os fatos que foram veiculados. Espero que uma vez esclarecido possa voltar a me dedicar ao meu marido, à minha filha e à minha gravidez, diz.

A carta diz ainda que Victor nunca a machucou e nunca a machucaria e que a confusão se deu após um grande desentendimento familiar. Para comprovar a inexistência de qualquer lesão, resolvi fazer perícia no IML (Instituto Médico Legal), afirmou.

TOPO