Ford Show Rural
Ecoville – Maior rede de limpeza
Variedades

Paloma abandona família e vai morar com Bruno

Depois de passar maus momentos na clínica psiquiátrica, Paloma (Paolla Oliveira) finalmente será libertada por Bruno (Malvino Salvador) e descobrirá que seu pai, César (Antonio Fagundes), autorizou o tratamento por eletrochoques em “Amor à Vida”.

Ela ficará revoltada com a informação, abandonará o emprego no Hospital San Magno, e ainda devolverá o apartamento que ganhou do pai. Com isso, a médica vai morar com Bruno e ainda resolve abrir um consultório para atender crianças carentes. As informações são do blog de Patrícia Kogut

Casa do eletricista MINIESCAVADEIRA

Depois de ser libertada da clínica, Paloma será levada para a chácara onde vivia sua avó Bernarda (Nathalia Tiumberg). Lá, Bruno vai explicar que a pediatra foi pega com drogas dentro da mala, mas que César não acreditou na inocência da filha e ainda culpou o corretor. “Que absurdo! Como eles podem pensar isso de mim, de você? Eles tinham que acreditar na nossa inocência!”, dirá Paloma. 

A irmã de Félix (Mateus Solano) se mostrará decepcionada com a atitude da família e revelará seus planos. “Eu quero morar no seu apartamento, sim. Mais do que isso, eu quero montar um consultório no seu bairro. Não quero mais atender só no San Magno. Quero tratar das crianças que precisam, mas nem sempre podem pagar o preço de uma consulta. Vou cobrar barato. Vou aceitar os planos de saúde mais simples, esses que custam pouquinho. E, se alguém não puder pagar, eu não vou cobrar”, garante. 

Dias depois, ao saber que Alejandra (Maria Maya) está à beira da morte no San Magno, Paloma corre para lá e assiste a confissão final. César comemora e diz que a filha terá todas as acusações retiradas de seu nome. Apesar disso, a pediatra se revolta contra o pai e diz que vai trabalhar apenas meio período no hospital e montar um consultório no bairro de Bruno. 

César fica inconformado com a decisão da filha. “Nem tudo se resume a dinheiro. Eu amo o Bruno, a Paulinha, amo a família maravilhosa que ele tem”, afirma Paloma. “Um bando de Zé ninguém!”, esbraveja César. Decepcionada, Paloma explica que vai se casar com Bruno e ninguém a fará mudar de ideia. “Pai, eu vou casar com o Bruno. Eu vou viver do meu trabalho e ele, do dele. E nada que você disser vai me impedir”, finaliza.

TOPO