Copagril
Variedades

Ratinho cria versão genérica de Maju em seu programa no SBT

Reprodução/SBT

O sucesso estrondoso de Maria Júlia Coutinho à frente da previsão do tempo do “Jornal Nacional”, da Globo, despertou também o interesse de emissoras concorrentes. Ratinho, no SBT, criou uma sátira de Maju, interpretada pelo comediante Marquito, no quadro “Jornal Rational”.

“Eu queria dizer que é um previsão séria. A Globo não tem a moça chamada Maria Júlia? Nós também temos a nossa Maju, que, nesse caso, é a Maria Judite”, brincou Ratinho ao anunciar o quadro.

Casa do Eletricista ESCAVAÇÕES

Maria Júlia iniciou a sua carreira no Jornalismo da Globo como repórter de telejornais locais, em São Paulo. Se tornou pouco tempo depois a “moça do tempo” no “SPTV”, “Bom Dia São Paulo”, “Bom Dia Brasil” e também no “Hora 1”. Ela ficou conhecida na redação paulista com esse apelido, “Maju” (para os íntimos). É considerada uma das repórteres mais simpáticas da emissora, e com uma legião de fãs nas redes sociais.

À previsão do tempo do “JN”, Maria Júlia deu características novas e impôs a sua personalidade, ao citar as capitais como “Beagá” e “Floripa”, por exemplo, e chamar as chuvas fracas como “chuvica”.

Nos primeiros dias à frente da nova função, Maria Júlia chegou a corrigir um termo utilizado pelo chefe Bonner [o correto seria "tempo firme” e não "tempo bom”] durante a previsão do tempo no “Jornal Nacional”.

TOPO