Brincando na Praça 2019
Variedades

Sabrina Sato se rebela e Record suspende troca com Luiz Bacci

AG News

A apresentadora Sabrina Sato não gostou nem um pouco da ideia da direção da Record de mudar seu programa das noites de sábado para as de sexta-feira e colocar em seu lugar um show de auditório com Luiz Bacci. A ex-musa do Pânico se rebelou e não aceitou a proposta. Seu principal argumento foi o de que o Programa da Sabrina, há um ano no ar, tem sido a maior audiência da emissora aos sábados (em torno de oito pontos) e mudá-lo de dia poderia jogar fora todo um trabalho que está se consolidando.

Sabrina e seus dois irmãos, que administram sua carreira, ficaram apavorados com a ideia de mudarem para as sextas, dia em que as audiências são menores, e fizeram de tudo para impedir a mudança. Eles têm como referência o naufrágio de Rafael Cortez nesse dia.

Casa do Eletricista SORTEIO DE VERÃO

A “rebelião” de Sabrina já surtiu efeito. Pelo menos por enquanto, seu programa não vai sair dos sábados. A medida foi suspensa, mas a ameaça continua. Há um embate nos bastidores da Record entre os vice-presidentes de jornalismo, Douglas Tavolaro, e artístico, Marcelo Silva. Tavolaro quer os sábados para Bacci. Silva não quer ceder.

Animado com o crescimento de audiência registrado em suas manhãs depois que Luiz Bacci assumiu quase três horas de programação (das 6h às 8h55), Tavolaro quer dar a ele um programa de auditório, sonho que o jornalista não conseguiu realizar na Band, que o contratou em maio do ano passado com essa promessa.

Após dez meses de contrato, Bacci foi dispensado pela Band e voltou para a Record no final de março, tomando os lugares de Fabíola Gadelha e William Travassos no Balanço Geral Manhã e no SP no Ar, respectivamente. Na última segunda, Fabíola se recusou a gravar uma pegadinha, exibida ontem (17) no Gugu, em que faria as pazes com Bacci.

Procurados pela reportagem, Sabrina Sato e Record não se manifestaram.

TOPO