Brincando na Praça 2019
Variedades

Técnica usada por jogadores do Brasil corrige posição de vértebras e acaba com dores na coluna

Rafael Ribeiro/CBF

Nem só de treinos se faz a preparação de uma seleção para a Copa do Mundo. Concentrados na Granja Comary, os jogadores brasileiros contaram com a ajuda da quiropraxia para manter a saúde da coluna. Trata-se de uma técnica capaz de detectar e corrigir desalinhamentos nas vértebras, que podem causar dores, principalmente nas regiões cervical, dorsal e lombar.

Convocada para cuidar do time canarinho, a quiropraxista Elisa Dallegrave explica que o tratamento pode beneficiar qualquer pessoa, já que subluxações na coluna decorrem tanto da prática de atividade física caso dos atletas como do ato de sentar e deitar com a postura errada, andar de salto alto e carregar peso.

Casa do Eletricista ESCAVAÇÕES

Com isso, as vértebras saem da posição normal. É muito sutil, um movimento pequeno, mas elas não ficam funcionando 100%. A dor é uma forma de o corpo avisar que algo está errado diz a especialista, da clínica Quiropraxia Jason Gilbert.

Para corrigir esses desalinhamentos, o profissional aplica no paciente técnicas manuais, que consistem em movimentos rápidos e específicos, com o objetivo de fazer o ajuste vertebral.

Segundo Elisa Dallegrave, a vantagem da quiropraxia em relação aos medicamentos é que ela trata a causa das dores na coluna, enquanto eles agem apenas nos sintomas.

A técnica é indicada não só para quem está doente, mas também para quem simplesmente busca mais qualidade de vida, já que ela pode tanto corrigir quanto evitar problemas complementa.

Atentar para a postura correta no dia a dia é fundamental para prevenir desordens na coluna. Veja algumas dicas ao lado.

Atletas pediram atendimento na concentração

Ainda pouco difundida no Brasil, a quiropraxia foi lembrada pelos próprios jogadores da seleção acostumados com o uso da técnica na Europa , que pediram a presença de um profissional na concentração.

Antes de ir a uma clínica, é essencial checar se o quiropraxista é registrado na Associação Brasileira de Quiropraxia. Isso pode ser feito no site da entidade (www.quiropraxia.org.br), na área Encontre um quiropraxista.

De acordo com Elisa Dallegrave, a primeira sessão do tratamento, quando é feita a análise do histórico do paciente, tem duração de 40 a 60 minutos. Dependendo da gravidade do problema, o profissional define a frequência das consultas, que passam a durar 20 a 30 minutos. Mesmo quando a saúde da coluna já está estabilizada, recomenda-se à pessoa voltar ao quiropraxista uma vez por mês, pelo menos, para a manutenção dos resultados.

 

TOPO