Fale com a gente

Vídeos Conquistas no esporte

Marechal Rondon pleiteia R$ 6 milhões para construção de um centro poliesportivo

Demanda foi encaminhada ao Estado, depois de o município ter sido contemplado com os selos ouro e plus no programa “O Esporte que Queremos”. Projeto tem previsão de investimento de R$ 9 milhões e deve sair do papel ainda este ano

Publicado

em

O secretário de Esporte e Lazer de Marechal Cândido Rondon, Diogo Schneider (Bolha), participou, na quarta-feira (6), do programa Arena O Presente.

Na oportunidade, ele destacou aos jornalistas Ana Paula Wilmsen e Gustavo da Cunha uma recente conquista de Marechal Rondon, a partir do programa “O Esporte que Queremos”, por meio do qual o município conquistou os selos ouro e plus.

O programa “O Esporte que Queremos” é uma realização do Governo do Paraná, por meio da Secretaria de Estado do Esporte, desenvolvido em parceria com o Instituto de Pesquisa Inteligência Esportiva, da Universidade Federal do Paraná, e visa contribuir para o refinamento da gestão do esporte no Estado e nos Municípios, tendo como premissa a Lei Geral do Esporte, a Lei do Sistema Esportivo Estadual, corroborando à consolidação e funcionamento dos Sistemas Esportivos Federal e Estadual.

O que se pretende é contribuir ao desenvolvimento esportivo no Paraná de forma consistente e integrada, auxiliando os municípios a melhorar os processos de gestão delimitados por dados concretos e a sua utilização, e um plano de capacitação fortalecido por processos contínuos de consultoria técnica.

A adesão ao programa “O Esporte que Queremos” se dá a qualquer tempo, desde que o município participe de todas as etapas, que o certificam de forma sucessiva e gradual. Essa certificação é traduzida em selos que demonstram o avanço no processo de planejamento.

Marechal Rondon conquistou os selos ouro e plus:

SELO OURO – os municípios que receberam o selo prata e desenvolveram os requisitos quanto à formalização do Conselho Municipal de Esporte recebem o selo ouro.

SELO PLUS – cumpridas as etapas anteriores, aos municípios que desenvolverem instrumentos de financiamento e Fundo Municipal para o Esporte destina-se o selo plus.

Bolha falou sobre os benefícios a partir desta conquista, entre eles o encaminhamento de demandas e viabilização de recursos. Segundo o secretário, o município requereu R$ 6 milhões para investir na construção de um centro poliesportivo, ao lado do Ginásio de Esportes Ney Braga, para atender várias modalidades. Projeto tem previsão de R$ 9 milhões de investimento e deve sair do papel ainda este ano.

O secretário também comentou sobre a reabertura do Estádio Valdir Schneider, sobre competições esportivas que Marechal Rondon vai receber e revelou uma novidade que vai contemplar o interior do município.

Clique e assista.

Secretário de Esporte e Lazer de Marechal Rondon, Diogo Schneider (Bolha), participou, na quarta-feira (6), do programa Arena O Presente (Fotos: Sandro Mesquita/OP)
Bolha destacou aos jornalistas Ana Paula Wilmsen e Gustavo da Cunha sobre a conquista dos selos ouro e plus a partir do programa “O Esporte que Queremos”: benefícios e o que vem daqui para a frente
Secretário comentou sobre a reabertura do Estádio Valdir Schneider e sobre competições esportivas que Marechal Rondon vai receber

Bolha revelou uma novidade que vai contemplar o interior do município

O Presente

Clique aqui e participe do nosso grupo no WhatsApp

Copyright © 2017 O Presente