Copagril
Esportes

Anderson Silva testa positivo em exame antidoping

 

Divulgação

 

O mundo do MMA foi abalado por uma notícia bombástica na noite desta terça-feira (03). Em comunicado divulgado no site oficial, o Ultimate Fighting Championship revelou que Anderson Silva foi flagrado em exame antidoping realizado antes da luta contra Nick Diaz, no UFC 183, no último fim de semana, em Las Vegas. O duelo marcou o retorno do Spider, que estava afastado desde dezembro de 2013 por causa de fratura na perna esquerda. O brasileiro saiu vencedor por decisão unânime.

De acordo com o UFC, Anderson Silva testou positivo para metabólitos de Drostanolona em exame realizado em 9 de janeiro, 22 dias antes do duelo contra Nick Diaz no retorno ao octógono. A substância é um esteroide anabolizante usado para reforçar a rigidez dos músculos e está na lista de produtos proibidos.

Casa do Eletricista ESCAVAÇÕES

O UFC divulgou comunicado oficial no site. De acordo com a organização, mais testes serão feitos para confirmar o resultado:

“Em 03 de fevereiro de 2015, a organização do UFC foi notificada pela Comissão Atlética de Nevada que Anderson Silva testou positivo para Drostanolona no teste para sua luta, realizado no dia 09 de janeiro. O UFC compreende que mais testes serão conduzidos pela Comissão para confirmar estes resultados preliminares.

“Anderson Silva tem sido um excelente campeão e um verdadeiro Embaixador do esporte das artes marciais mistas e do UFC. O UFC está desapontado por saber destes resultados iniciais.

“O UFC tem uma rígida e consistente política contra o uso de qualquer droga ilegal, de alteração de desempenho ou agentes mascarantes, por parte de seus atletas.”

Outro esteroide

Mas a situação de Anderson Silva é ainda pior do que se pensava. O diretor executivo da Comissão Atlética de Nevada, Bob Bennett, informou ao site MMA Fighting que o brasileiro também foi flagrado com outro esteroide, Androsterona, substância proibida pela Agência Mundial Antii-Doping (WADA). Segundo o dirigente, o Spider caiu no antidoping em teste feito em 9 de janeiro. Ele ainda foi submetido a exames no dia 19 – cujos resultados estão pendentes – e 31 de janeiro, quando apresentou resultado negativo.

Nick Diaz também flagrado

O adversário de Anderson Silva também foi flagrado em exame antidoping. Mas, ao contrário do Spider, o teste ocorreu logo depois da luta no UFC 183. Nick Diaz foi flagrado com metabólitos de maconha, de acordo com o site Yahoo!Sports. É a terceira vez que o californiano, que já tem histórico de problemas na organização, é pego pela Comissão Atlética de Nevada.

TOPO