Copagril
Esportes

Campeões do Bom de Bola se preparam para a fase macro

Sérgio Ferreira
O Colégio Estadual Ouro Verde, de Ouro Verde do Oeste, ficou com o título da categoria Feminino A

As finais do futebol masculino da fase regional dos Jogos Escolares do Paraná (JEPs) – Bom de Bola, realizadas domingo (06), em Nova Santa Rosa e Maripá, foram recheadas de emoção. Após quatro dias de competições, foram conhecidos os representantes que disputarão a fase macrorregional no mês de novembro, em Assis Chateaubriand.

Na final da categoria A, de 15 a 17 anos, o campeão só saiu nos pênaltis. Depois de dois tempos de muita pressão dos dois lados, entre os colégios estaduais Leonilda Papen, de Mercedes, e Barão do Rio Branco, de Palotina, a decisão foi para a cobrança de tiros livres. Quem levou a melhor foram os mercedenses, que venceram por 5 a 4 e garantiram vaga na fase macrorregional.

Casa do Eletricista ESCAVAÇÕES

Ontem (07) os atletas campeões de Mercedes foram recepcionados pela prefeita Cleci Loffi, vice-prefeito e secretário de Viação, Obras e Serviços Urbanos, Vilson Martins, chefe de gabinete, Evandro Moreira, secretário de Esporte, Lazer e Turismo, Edson Vilar, e pelo diretor de Esportes, Valdecir dos Santos, quando foram parabenizados pela conquista.

A disputa do bronze na categoria A foi entre o time da casa, do Colégio Estadual Marechal Gaspar Dutra, e o Estadual Presidente Roosevelt, de Guaíra. De virada os nova-santa-rosenses venceram por 3 a 1 e garantiram o terceiro lugar.

Na final da categoria B, com atletas de 12 a 14 anos, entre o Colégio Cristo Rei, de Marechal Cândido Rondon, e o Colégio Estadual Presidente Roosevelt, quem levou a melhor foram os rondonenses. O gol só veio na segunda etapa e bastou para garantir acesso à fase macro.

O terceiro lugar da categoria B ficou com o Colégio Estadual Pato Bragado, que venceu o Colégio Estadual Ouro Verde, de Ouro Verde do Oeste, por 2 a 0. Agora as equipes campeãs passam a treinar para competir na nova fase dos Jogos Escolares Bom de Bola.

De acordo com o técnico da equipe do Colégio Cristo Rei, professor Valtenci Tosta das Neves, a competição teve um nível muito equilibrado desde o início, com oito equipes que atuaram com bons jogadores. Segundo ele, os placares foram muito apertados, com vitória nas quartas de final nos pênaltis, na semifinal por 1 a 0 e na final também por 1 a 0.

“A parte psicológica da equipe é muito boa, além de ser um grupo que luta muito. Hoje (terça-feira, 08) iniciam os treinamentos, pois em 35 dias acontecerá a próxima fase e o objetivo é preparar a equipe para chegar à final do Paranaense Bom de Bola”, concluiu.

Feminino

O primeiro confronto no feminino A foi entre Toledo e Ouro Verde do Oeste. Na primeira etapa Toledo mostrou que não deixaria o forte ataque das meninas de Ouro Verde do Oeste jogar fácil. Nos pênaltis prevaleceu a calma das ouro-verdenses, que fizeram quatro a três, levaram o título e a vaga à fase macro dos JEPs Bom de Bola.

No jogo que valia o bronze da categoria A, empate em um a um no tempo normal entre os colégios estaduais Humberto de Alencar Castelo Branco, de Santa Helena, e Presidente Roosevelt, de Guaíra. Na cobrança de pênaltis as santa-helenenses fizeram cinco a quatro e garantiram o terceiro lugar.

O único jogo das decisões do feminino que não foi para os pênaltis foi a final da categoria B (12 a 14 anos) entre o time de Nova Santa Rosa, do Colégio Estadual Marechal Gaspar Dutra, e as rondonenses do Colégio Estadual Frentino Sackser. As donas da casa não deram chance para as adversárias. Fizeram dois a zero e garantiram o título da regional e a vaga na fase macrorregional dos JEPs Bom de Bola.

A disputa pelo bronze da categoria B também foi decidida nos pênaltis. Com o empate em um a um no tempo normal entre os colégios estaduais Jardim Europa, de Toledo, e Quatro Pontes, a decisão foi para os pênaltis. As meninas de Toledo foram mais eficientes e levaram o terceiro lugar depois de vencer por cinco a três.

TOPO