Esportes

Conor McGregor garante: “Vou defender o cinturão dos leves do UFC”

Conor McGregor fez a sua primeira aparição oficial após a derrota para Floyd Mayweather em um "Perguntas e Respostas" com fãs em Glasgow, nesta sexta-feira. E embora tenha analisado todas as opções para o seu futuro, mostrando que ainda não decidiu se sua próxima luta será no boxe ou MMA, o irlandês afirmou no encontro que pretende defender o cinturão peso-leve do UFC e que tal combate teria prioridade à uma próxima "luta do dinheiro".

– Ouça, eu tenho o cinturão peso-leve do UFC pra defender e isso significa muito para mim. Eu vou defender esse cinturão. Nathan (Nate Diaz) está lá. Ele está tentando vir aqui e exigir um monte de coisa, se ele começar a se supervalorizar no evento, provavelmente vou defender o título contra a pessoa que vencer o cinturão interino…ou alguém nessa linha, para legitimizar o cinturão novamente. Eu já fiz a maior luta que eu poderia fazer em termos de luta do dinheiro. Agora a pergunta que eu sempre recebo é quando vou defender o cinturão e legitimizar o esporte e os rankings. Talvez agora seja uma boa hora de fazer isso e calar a boca dessas pessoas – declarou Conor, segundo o site "MMA Fighting".

Casa do Eletricista – NÃO PAGUE AR

O "Notório", no entanto, fez críticas à Tony Ferguson e Khabib Nurmagomedov, que foram escalados para se enfrentarem pelo cinturão interino no UFC 209, mas o combate acabou não acontecendo depois que o atleta russo teve problemas no corte de peso.

– Sinceramente, eu senti que na luta entre Tony e Khabib eles estavam fazendo um jogo de frangos para definir quem desistiria antes. Na minha cabeça agora, estou bem interessado em ver essa luta (Ferguson x Lee) e ver como ficará o cenário da divisão dos pesos-leves. Aí eu poderei entrar lá e corrigir essa situação. É nisso que estou pensando – completou.

Com informações Globo Esporte 

TOPO