Esportes

Copagril entra na reta final de preparação à temporada 2017

Joni Lang/OP
Foco nas primeiras semanas está voltado ao condicionamento físico. Com a proximidade da Taça Brasil, elenco mira nas áreas técnica e tática

A temporada de 2016 vai permanecer na memória dos torcedores da equipe Copagril/Sempre Vida/Sicredi/Marechal Cândido Rondon como um dos anos em que o time teve a sua melhor performance dentro de quadra, seja pelo 3º lugar na Liga Nacional de Futsal (LNF) seja pela conquista do terceiro título no Campeonato Paranaense Série Ouro.

Casa do Eletricista – RETOMA

Assim sendo, após um ano de ouro a tendência é de que a torcida e os dirigentes alimentem a expectativa de que na temporada 2017 os feitos se repitam, com a possibilidade de galgar um degrau a mais: o inédito título paranaense na Taça Brasil de Clubes e a classificação à final da Liga Nacional.

Para que o elenco rondonense mostre bom desempenho neste ano, a comissão técnica tem exigido bastante comprometimento por parte dos atletas. Desde a apresentação, no fim do mês de janeiro, os jogadores têm passado por uma exaustiva rotina de treinamentos, cuja parte inicial está focada no aspecto físico. Um dos trabalhos foi desenvolvido na tarde de quarta-feira (22), no Ginásio de Esportes Ney Braga, com exercícios funcionais e de potência.

 

Satisfação

De volta à equipe Copagril Futsal, o preparador físico Raphael Martins demonstra satisfação em novamente atuar junto ao time rondonense. A Copagril Futsal é uma equipe de ponta e que vem trabalhando para melhorar sua estrutura cada vez mais, o que para a nossa modalidade é muito bom e para o nosso trabalho é ainda mais importante, menciona.

 

Potência

Martins diz que com o término da pré-temporada a equipe se aproxima das disputas da Taça Brasil. Este será um torneio de cinco jogos, por isso neste momento nós trabalhamos e avaliamos potência muscular, assim como a parte de velocidade nos treinos mais específicos. Os jogadores da Copagril Futsal se apresentaram com uma condição física muito boa. Hoje o atleta profissional não pode se dar ao luxo de deixar de treinar no período de férias, pois é importante manter uma condição física ideal, salienta.

Conforme o preparador físico, todos os atletas receberam uma planilha de treinamento para alcançar um bom nível de treino. Agora é o período de aperfeiçoar todas as capacidades físicas para um melhor rendimento da equipe nas competições. Quanto mais próximo da competição, mais específico se torna o treino, com aspecto físico, de corrida e velocidade, e começa a cair o volume físico porque em duas semanas inicia o torneio, então a ênfase entra nas partes técnica e tática, cujo trabalho fica sob responsabilidade do técnico Paulinho Sananduva, expõe.

Intensidade

O treinador Paulinho Sananduva lembra que cada temporada tem a sua peculiaridade. Nós estamos vindo de um ano muito bom em todos os aspectos, como resultado, recuperação da autoestima da equipe e com o torcedor feliz, e nós esperamos manter isso. A gente volta a disputar a Taça Brasil, se bem que em um período muito curto, portanto a preparação tem sido bastante intensa, comenta.

Sananduva destaca que com o fim da pré-temporada e ingresso na temporada propriamente dita, o grande desafio é tentar a classificação à final e brigar de novo pelo título paranaense. Houve reformulação de muitas equipes na Liga Nacional e na Série Ouro, além do mais, Umuarama e Cascavel saíram da Liga Nacional. Eu acredito em um ano mais equilibrado e difícil porque as equipes se adaptaram da melhor maneira possível à atual conjuntura econômica do país. Nós trouxemos jogadores que comungam com o espírito que almejamos, de uma equipe competitiva e disciplinada taticamente que vai buscar a mesma performance nos jogos dentro e fora de casa, reforça o técnico, acrescentando que a Copagril investiu em novos jogadores, dois novos goleiros, beck (fixo), ala-direito e pivô, entre eles campeões gaúchos e paranaenses, assim como jogadores experientes para ampliar a qualidade e somar a partir das características diferentes.

 

Entrar para ganhar

De acordo com o treinador, a Copagril sempre vai entrar nas competições que disputa para ganhar. Eu vejo que é uma exigência de quem trabalha, da comissão técnica e dos jogadores. A gente sabe que o futsal é bastante nivelado no país, além disso, a Taça Brasil é um torneio que dura seis dias e isso faz com que haja um desgaste muito grande. É fundamental ter um bom plantel para chegar em uma condição física, técnica e tática boa e crescer dentro desta que é uma competição traiçoeira, na qual muitos times grandes não se dão bem. Às vezes um time mediano ou pequeno consegue resultados expressivos, entretanto o Paraná ainda não conseguiu um título da Taça Brasil, enfatiza.

Sananduva acrescenta que a chave do time rondonense é difícil, pois também reúne Corinthians, Goiás, Balsas e Minas Tênis Clube, sendo este último a equipe contra a qual a Copagril estreia. É a mais antiga competição do futsal brasileiro, sendo o momento atual muito próximo da apresentação. São cinco jogos em seis dias, o que debilita muito os atletas, por isso a gente faz um trabalho específico. O primeiro momento é a classificação entre os quatro melhores e, se der, vamos buscar a disputa pelo título, afirma.

A Taça Brasil de Clube acontecerá de 12 a 18 de março, em Francisco Beltrão, reunindo campeões estaduais e equipes convidadas.

 

Gostinho de quero mais

Sobre a Liga Nacional, o técnico comenta que o 3º lugar conquistado no ano passado deixou um gostinho de quero mais. Talvez até mesmo de frustração, acrescenta. Temos conhecimento das dificuldades devido à qualidade das outras equipes, porém também sabemos do nosso potencial. Neste ano almejamos avançar e, se possível, chegar à final para disputar o título. É um ano diferente, em que várias equipes se reformularam, algumas se retiraram, enquanto outras se refizeram. É difícil manter a mesma campanha de um ano ao outro, por isso esta é uma projeção difícil. Também haverá o Campeonato Paranaense, que, para mim, é o melhor estadual de futsal do país. Estamos nos preparando para saber administrar as situações e ter bom rendimento em todos os momentos, finaliza.

TOPO