Fale com a gente

Esportes

Copagril ganha de 4 a 3 do Petrópolis e vai a 34 pontos

Publicado

em

ACopagril/Faville/DalPonte/Marechal C acirc;ndido Rondon ganhou ontem (27), em Marechal Rondon, no Gin aacute;sio de Esportes Ney Braga, do Poker, de Petr oacute;polis (RJ), por 4 a 3, pela Liga Nacional de Futsal. Os gols da equipe rondonense foram marcados por Marquinhos, Chico Paulista e Dyego, que fez dois na partida. Essa foi a d eacute;cima vit oacute;ria do time rondonense em 19 jogos. Al eacute;m disso, a Copagril teve cinco derrotas e quatro empates, totalizando 34 pontos. nbsp;
O pr oacute;ximo compromisso da Copagril na Liga ser aacute; no s aacute;bado (30), contra o Carlos Barbosa (RS), em Marechal Rondon, agrave;s 20 horas. Esse ser aacute; o uacute;ltimo compromisso do time rondonense na primeira fase do campeonato nacional. A equipe j aacute; est aacute; entre as classificadas para a segunda fase da competi ccedil; atilde;o, que ter aacute; apenas 12 clubes. O Poker, que entrou em quadra querendo vencer para garantir a vaga sem depender de ningu eacute;m, permaneceu com 28 pontos. Por causa dos resultados dos concorrentes, que foram favor aacute;veis ao time de Petr oacute;polis, a equipe garantiu a classifica ccedil; atilde;o mesmo derrotada.

Jogo
A Copagril come ccedil;ou muito bem a partida e abriu o placar logo aos quatro minutos, com um gol do piv ocirc; Marquinhos. Aos cinco minutos, o ala Dyego fez o segundo e, aos sete, ele marcou tamb eacute;m o terceiro gol paranaense.
Depois de levar o terceiro, o Poker come ccedil;ou a reagir. Aos oito minutos, o fixo Vin iacute;cius descontou para os cariocas e iniciou uma rea ccedil; atilde;o. No entanto, aos 15 minuntos o piv ocirc; Chico Paulista fez o quarto da Copagril e fechou o placar parcial em 4 a 1. Na segunda etapa, a Copagril tentou administrar o resultado desde o in iacute;cio, mas o Poker pressionou muito com o goleiro-linha Rodriguinho. Aos 30 minutos, o ala Marcinho diminuiu o placar e, aos 36, Rodriguinho reduziu a vantagem paranaense para um gol. No entanto, mesmo com a press atilde;o, os cariocas n atilde;o conseguiram o empate.

Falhas na marca ccedil; atilde;o
Para o fixo Renan, da Copagril, a equipe permitiu a press atilde;o carioca na segunda etapa. ldquo;Nosso time estava com uma vantagem muito boa, mas diminu iacute;mos o ritmo para n atilde;o oferecer o contra-ataque. Erramos muitos gols, eles usaram o goleiro-linha para pressionar nosso time e n oacute;s falhamos um pouco na marca ccedil; atilde;o. Mas, no final, arrumamos a marca ccedil; atilde;o e conseguimos a vit oacute;ria rdquo;, afirmou.

lt;galeria / gt;

Facebook