Copagril
Esportes

Copagril pode levantar o troféu na noite de hoje

Cidade movimentada, buzinas, sirenes, foguetes, gritos de ldquo; eacute; campe atilde;o rdquo;. Eacute; esse o clima esperado na noite de hoje (27), em Marechal C acirc;ndido Rondon. Para toda essa festa, basta que o time da casa, a Copagril/Faville/Dal Ponte, consiga no m iacute;nimo o empate com o S atilde;o Miguel/Roadstar no segundo jogo da final do Campeonato Paranaense de Futsal, marcada para come ccedil;ar agrave;s 20h45, no Gin aacute;sio de Esportes Ney Braga, em Marechal Rondon.
No primeiro jogo, ocorrido no uacute;ltimo s aacute;bado (21) em S atilde;o Miguel, a Copagril venceu por 5 a 2.
A entrega da premia ccedil; atilde;o, sendo o time campe atilde;o, ocorre logo ap oacute;s a partida. Se perder, a decis atilde;o fica para segunda-feira (30), em Marechal Rondon.
At eacute; o meio da tarde de ontem (26), aproximadamente 1,2 mil ingressos (cada um custa R$ 10) para o jogo j aacute; haviam sido vendidos, sendo que tr ecirc;s mil foram colocados agrave; venda. Aproximadamente 200 lugares est atilde;o reservados para a torcida do S atilde;o Miguel.
O time da Copagril treinou ontem agrave; tarde e depois foi para Toledo, onde treina na manh atilde; de hoje e volta apenas agrave; noite para o jogo. Bruno Souza n atilde;o joga, devido ao terceiro cart atilde;o que recebeu em S atilde;o Miguel. Em contrapartida, Marquinhos e Diego retornam a defender o time.

Expectativa
Ontem, no treino do Ney Braga, os momentos eram de descontra ccedil; atilde;o e ao mesmo tempo tensos. Um dos patrocinadores do time, Jaime Luiz Walker, gerente de rela ccedil; otilde;es esportivas da Dal Ponte, est aacute; contente pela campanha do grupo. ldquo;Vindo a conquista, vai ser gratificado o empenho de todos rdquo;, afirma. nbsp; nbsp; nbsp;
O t eacute;cnico do grupo, Marquinhos Xavier, diz que quase todos os problemas do time foram resolvidos durante o ano. ldquo;O momento eacute; de valorizar o que a gente faz muito bem e apostar nisso. Se n atilde;o estamos num n iacute;vel oacute;timo, estamos num satisfat oacute;rio de rendimento para enfrentarmos essa segunda partida rdquo;, comenta.
O resultado de agora, diz Marquinhos, premia tudo o que foi feito durante o ano. ldquo;Sem d uacute;vida, somos merecedores desse t iacute;tulo. Tivemos uma campanha sensacional rdquo;, comenta. nbsp;

Casa do Eletricista ESCAVAÇÕES

S atilde;o Miguel tem bom hist oacute;rico fora de casa

O grupo de jogadores do S atilde;o Miguel/Roadstar, mesmo sem admitir publicamente, est aacute; confiante, considerando o retrospecto do time em partidas fora de casa. Os jogos mais dif iacute;ceis fora do Joelson Marcelino, casa do S atilde;o Miguel, foram superados pelo grupo. S atilde;o Miguel venceu o Pato Branco, o Maring aacute;, o Foz Adeafi e o Umuarama. A exce ccedil; atilde;o fica para a pr oacute;pria Copagril. Nos dois confrontos os rondonenses levaram vantagem com dois placares de 5 x 2. Assim foi na primeira rodada, dia 14 de mar ccedil;o e o mesmo placar foi repetido no uacute;ltimo s aacute;bado (21).
Para o jogo de hoje (27), o t eacute;cnico Xepa, do S atilde;o Miguel, vai poder contar com o retorno dos jogadores Ma ccedil;arico (fixo) e Marquinhos Carioca (piv ocirc;). Ambos cumpriram suspens atilde;o no uacute;ltimo jogo.

lt;galeria / gt;

TOPO