Copagril – Sou agro com orgulho
Esportes

Federação Paranaense divulga tabela da Série Ouro

A Federação Paranaense de Futebol de Salão (FPFS), através do seu departamento técnico, divulgou na quinta-feira (05) a tabela oficial da edição de 2015 do Campeonato Paranaense Série Ouro. A principal competição do futsal estadual começa no próximo dia 21 e, segundo definição do arbitral do torneio, realizado em fevereiro, vai até a segunda semana de dezembro.

A tabela divulgada poderá sofrer alterações, sobretudo depois que a tabela oficial da Liga Nacional Futsal for anunciada. As partidas que terão transmissões de televisão também ter mudanças nos seus horários, que serão informados previamente pela entidade máxima do futsal paranaense a fim de auxiliar os clubes com seus devidos planejamentos.

Casa do Eletricista – Temporizador Jardim

A edição de 2015 da Série Ouro contará com a participação de 15 equipes. Na 1ª fase, todos os times se enfrentarão em turno único e, para a 2ª fase, vão se classificar os 12 melhores. Na nova etapa da competição, dois grupos, com seis clubes cada, serão formados, de acordo com a classificação da 1ª fase da Série Ouro.

Com os dois grupos definidos, os times vão se enfrentar dentro das suas chaves em dois turnos, classificando-se para a próxima fase os quatro melhores colocados de cada grupo. A partir das quartas de final, a competição estadual será disputada em playoffs até a final. Os jogos serão de ida e volta e, a terceira partida, se houver necessidade, será disputada na casa do time melhor classificado.

Copa dos Campeões

Na quinta-feira, surgiu a possibilidade das equipes da Copagril, de Cascavel e Umuarama não jogarem na Copa dos Campeões do Paraná. Após contato com a Federação Paranaense, apenas o Umuarama desistiu de participar da competição. O certame foi encurtado em um dia e começará apenas na quinta-feira (12) e terminará no sábado (14). Assim, cada equipe fará três jogos e, ao final, a que somar mais vitórias levará o título.

O supervisor técnico da Copagril Futsal, Eduardo Santana, explicou à reportagem de O Presente que a possibilidade da equipe não disputar a Copa se devia aos custos de investimento, como inscrição, viagens de ida e volta a Guarapuava, além de gastos com hotel e alimentação. A definição pela participação do time rondonense foi tomada ontem (06) pela diretoria.

(Confira a matéria completa e a tabela na edição impressa de O Presente ou na edição on-line)

TOPO