Fale com a gente

Esportes

Técnico culpa presidente da AFA e diretor técnico

Publicado

em

Maradona teve seu primeiro contato com a imprensa após deixar o cargo de técnico da Argentina. (AP)

Em vez de uma entrevista coletiva, apenas um comunicado oficial. Por cerca de dez minutos, mostrando-se calmo e sem aceitar perguntas dos jornalistas, Diego Maradona leu um discurso para explicar sua sa iacute;da da sele ccedil; atilde;o argentina. E apontou o dedo para dois culpados: o presidente da AFA, Julio Grondona, e o diretor t eacute;cnico Carlos Bilardo. ldquo;O que aconteceu? Grondona mentiu para mim e Bilardo me traiu rdquo;, disse o Pibe, que em nenhum momento fez cr iacute;ticas ao pr oacute;prio trabalho como treinador da ldquo;Albiceleste rdquo;.
T eacute;cnico campe atilde;o mundial em 1986 com a Argentina, quando Maradona foi o principal jogador da conquista no M eacute;xico, Bilardo trabalhou na Aacute;frica do Sul como um ldquo;manager rdquo; da sele ccedil; atilde;o na Copa do Mundo. Ap oacute;s a elimina ccedil; atilde;o nas quartas-de-final para a Alemanha, Diego deixou em d uacute;vida sua perman ecirc;ncia no cargo. Na uacute;ltima segunda, o Pibe afirmou que s oacute; continuaria se ningu eacute;m de sua comiss atilde;o t eacute;cnica (sete pessoas no total) fosse demitido. Grondona queria mudan ccedil;as, mas Bilardo nunca teve o emprego amea ccedil;ado. ldquo;Quando eu estava de luto, ele trabalhava nas sombras para me tirar. Bilardo me traiu. No vesti aacute;rio, depois do jogo com a Alemanha, ele me disse que eu iria seguir rdquo;, afirmou.
Sem Maradona, Bilardo fechou a lista de convocados para o amistoso com a Irlanda, dia 11 de agosto. A rela ccedil; atilde;o de jogadores foi anunciada na ter ccedil;a-feira (27), logo ap oacute;s a AFA confirmar que Diego n atilde;o eacute; mais o treinador da sele ccedil; atilde;o. A equipe ser aacute; comandada interinamente por Sergio Batista, da sub-20, at eacute; a escolha do novo t eacute;cnico. ldquo;Qualquer um que pegar a sele ccedil; atilde;o tem que saber que a trai ccedil; atilde;o estar aacute; ao lado. H aacute; pessoas que n atilde;o gostam do futebol argentino, s oacute; querem cuidar dos seus interesses rdquo;, disse Maradona.

Grondona
A ira do Pibe tamb eacute;m voltou-se para Grondona. O ex-camisa 10 afirmou que recebeu do presidente da AFA a promessa que continuaria no cargo e elogios sobre o trabalho realizado na Aacute;frica do Sul. A demiss atilde;o das sete pessoas da comiss atilde;o t eacute;cnica serviu como um ldquo;adeus rdquo; para Maradona, que criticou todo o comando do futebol argentino pelos maus resultados nas uacute;ltimas Copas.
ldquo;Me chamaram para apagar um inc ecirc;ndio, assumimos uma sele ccedil; atilde;o que tinha o grupo dividido, apagamos o inc ecirc;ndio, recuperamos a m iacute;stica do grupo e quando ter iacute;amos tempo para trabalhar, aconteceu o que aconteceu. Desde 1990 que uma sele ccedil; atilde;o argentina n atilde;o passa das quartas. Isso n atilde;o eacute; por acaso. Eacute; porque est atilde;o fazendo as coisas erradas l aacute; no alto e nada eacute; feito para mudar isso rdquo;, concluiu.

Facebook