Ecoville – Maior rede de limpeza
Copagril
Geral

2º Fórum sobre Segurança Pública deve reunir mil pessoas

Em torno de mil pessoas est atilde;o sendo esperadas para a 2 ordf; edi ccedil; atilde;o do F oacute;rum Regional sobre Seguran ccedil;a P uacute;blica, promovido pelo Conselho de Desenvolvimento dos Munic iacute;pios Lindeiros ao Lago de Itaipu. O evento acontece amanh atilde; (1 ordm;), com in iacute;cio agrave;s 13h30, no CTG Sentinela dos Pampas, em Medianeira.
A abertura oficial possivelmente contar aacute; com a presen ccedil;a do governador do Paran aacute;, Orlando Pessuti. Na sequ ecirc;ncia, o secret aacute;rio de Estado de Seguran ccedil;a P uacute;blica, coronel Aramis Linhares Serpa, vai falar sobre ldquo;Pol iacute;ticas de seguran ccedil;a para a fronteira no Paran aacute; rdquo;; o ex-bispo em eacute;rito de Duque de Caxias (RJ), dom Mauro Morelli, sobre ldquo;Combate agrave; fome e agrave;s desigualdades sociais rdquo;; representante do Instituto Internacional para o Desenvolvimento da Cidadania (IIDAC), Neusa Maria Ravaroto, a respeito da ldquo;Juventude, contextualidade e anseios rdquo;; e um representante do governo federal vai abordar as ldquo;Pol iacute;ticas p uacute;blicas de seguran ccedil;a e atua ccedil; atilde;o do governo federal para a faixa de fronteira rdquo;.
Ap oacute;s a mesa redonda, ser atilde;o formadas quatro oficinas, com os seguintes temas de discuss atilde;o: Seguran ccedil;a na comunidade, Seguran ccedil;a: tema para a educa ccedil; atilde;o e a profissionaliza ccedil; atilde;o, Turismo regional como vetor de desenvolvimento sustent aacute;vel, Seguran ccedil;a: direito e dever de todos. Ainda dentro da programa ccedil; atilde;o, ser aacute; elaborada uma carta de inten ccedil; otilde;es, a qual ser aacute; lida no encerramento das atividades, previsto para as 20 horas.

Momento de discuss atilde;o
Segundo o coordenador da C acirc;mara T eacute;cnica de Seguran ccedil;a dos Lindeiros e coordenador do F oacute;rum Regional, advogado rondonense Itamar Dall rsquo;Agnol, o objetivo do evento eacute; proporcionar um momento de discuss atilde;o entre as autoridades e lideran ccedil;as envolvidas com a seguran ccedil;a p uacute;blica e a sociedade de um modo geral. ldquo;Teremos dois momentos: no primeiro as autoridades v atilde;o fazer uma esp eacute;cie de presta ccedil; atilde;o de contas sobre o que est aacute; sendo feito para a seguran ccedil;a p uacute;blica, tanto no n iacute;vel estadual como federal, e que nos apresentem as perspectivas do que seria feito para daqui adiante, para que possamos incrementar o sistema de seguran ccedil;a. E em um outro momento vamos abrir a oportunidade para que a sociedade apresente os problemas enfrentados no dia-a-dia na quest atilde;o de seguran ccedil;a e as solu ccedil; otilde;es. Com isso, podemos em conjunto trabalhar para que tenhamos uma efetiva seguran ccedil;a nos munic iacute;pios lindeiros ao Lago de Itaipu rdquo;, explica.

Casa do eletricista MINIESCAVADEIRA

Inscri ccedil; otilde;es
As inscri ccedil; otilde;es ao F oacute;rum de Seguran ccedil;a s atilde;o gratuitas e podem ser feitas no site do Conselho dos Lindeiros (www.lindeiros.org.br) ou na abertura do evento, amanh atilde;. At eacute; a manh atilde; de ontem (29) j aacute; havia mais de 550 inscritos. ldquo;A exemplo do que ocorreu no ano passado, quando tivemos em torno de mil participantes, a nossa expectativa eacute; mais uma vez reunir cerca de mil pessoas. Esperamos reunir um p uacute;blico expressivo dos 16 munic iacute;pios de abrang ecirc;ncia dos Lindeiros e lideran ccedil;as de outras cidades tamb eacute;m j aacute; demonstraram interesse em prestigiar o F oacute;rum rdquo;, afirma Itamar Dall rsquo;Agnol.

Secret aacute;rio de Seguran ccedil;a est aacute; confirmado para o evento
O presidente da Comiss atilde;o de Seguran ccedil;a da Assembleia Legislativa do Estado do Paran aacute;, deputado Ademir Bier, garantiu ontem (29) que est aacute; confirmada a presen ccedil;a do secret aacute;rio de Estado da Seguran ccedil;a P uacute;blica, Aramis Linhares Serpa, ao 2 ordm; F oacute;rum Regional de Seguran ccedil;a que acontece amanh atilde; (1 ordm;) em Medianeira. Bier menciona que intermediou o convite para a autoridade estadual, a qual confirmou presen ccedil;a ao evento.
No ano passado, a aus ecirc;ncia do ent atilde;o secret aacute;rio de Estado causou uma lacuna nos debates.
Quanto agrave; realiza ccedil; atilde;o de mais uma edi ccedil; atilde;o do F oacute;rum, o parlamentar ressalta que o evento eacute; importante uma vez que re uacute;ne lideran ccedil;as dos mais variados segmentos da sociedade para debater um problema comum. ldquo;Seguran ccedil;a eacute; responsabilidade do governo, sim, mas tamb eacute;m eacute; responsabilidade de todos n oacute;s. Por isso eacute; importante buscar identificar as causas dos problemas de seguran ccedil;a envolvendo a sociedade como um todo, pois em conjunto eacute; que ser aacute; poss iacute;vel buscar alternativas de solu ccedil; atilde;o para as dificuldades rdquo;, declara.
O deputado lembra que a primeira edi ccedil; atilde;o do F oacute;rum j aacute; resultou em um documento importante e agora eacute; preciso continuar avan ccedil;ando. Ele enfatiza que o atual governo estadual avan ccedil;ou muito no sentido de promover o aumento do efetivo, por meio da realiza ccedil; atilde;o de concursos para a Pol iacute;cia Civil e Pol iacute;cia Militar. ldquo;O (governador Orlando) Pessuti autorizou logo no in iacute;cio do governo a vinda de mais 500 homens para a regi atilde;o metropolitana, al eacute;m de 2,5 mil do concurso. Tamb eacute;m hoje existe um incentivo maior agrave; carreira dos militares. Antes se aposentavam uma m eacute;dia de 900 policiais por ano e nem sempre eles eram repostos na mesma velocidade. Agora eles t ecirc;m um incentivo para permanecer no quadro da Pol iacute;cia, quanto mais tempo ficar, mais incorpora sal aacute;rio na sua aposentadoria futura. Outro avan ccedil;o foi a cria ccedil; atilde;o da For ccedil;a Alfa rdquo;, declara.
Amanh atilde;, menciona Bier, o secret aacute;rio de Estado dever aacute; detalhar aos presentes, durante sua participa ccedil; atilde;o, a ccedil; otilde;es que o governo est aacute; implementando. ldquo;Ainda h aacute; o que avan ccedil;ar. O secret aacute;rio ir aacute; expor sobre a descentraliza ccedil; atilde;o que o governo est aacute; fazendo, por meio do comando do interior; a descentraliza ccedil; atilde;o das escolas de pol iacute;cia; e uma s eacute;rie de outras a ccedil; otilde;es que est atilde;o ocorrendo nesse sentido rdquo;, adianta.

Elio Rusch: ldquo; Eacute; preciso aumentar o efetivo policial rdquo;
Um dos representantes da regi atilde;o de Marechal C acirc;ndido Rondon na Assembleia Legislativa do Paran aacute;, deputado Elio Lino Rusch, aponta entre os principais problemas que afetam a seguran ccedil;a p uacute;blica a falta de efetivo policial. ldquo;Falta inten ccedil; atilde;o pol iacute;tica do governo em resolver a quest atilde;o da seguran ccedil;a no Paran aacute;. Enquanto existem, pela Legisla ccedil; atilde;o, 22 mil vagas para policiais no Estado, o efetivo total hoje eacute; de aproximadamente 17 mil policiais. Ent atilde;o h aacute; uma defasagem de cinco mil homens na Pol iacute;cia Militar rdquo;, enfatiza.
O parlamentar ainda refor ccedil;a que o efetivo policial existente atualmente no Estado eacute; inferior ao que existia em 2003. ldquo; Eacute; preciso que sejam contratados mais policiais rdquo;, refor ccedil;a.
Ele ainda entende que muitos governos adotam uma estrat eacute;gia equivocada de repress atilde;o. ldquo;Hoje os governos come ccedil;am a combater a criminalidade nos grandes centros, mas se fechassem as divisas, os portos, os aeroportos, estariam combatendo o mal pela raiz rdquo;, aponta.

Diferenciado
Na vis atilde;o de Rusch, a regi atilde;o Oeste ainda precisa de uma aten ccedil; atilde;o especial quanto agrave; seguran ccedil;a, tendo em vista se tratar de uma aacute;rea de fronteira. ldquo;Tem que haver um tratamento diferenciado, pois eacute; por esta regi atilde;o que entra armamento pesado, drogas e contrabando no Estado, o que desencadeia o crime rdquo;, salienta.
Quanto ao 2 ordm; F oacute;rum Regional de Seguran ccedil;a que acontece amanh atilde; (1 ordm;) em Medianeira, o deputado ressalta que se trata de um evento muito v aacute;lido no sentido de promover a mobiliza ccedil; atilde;o da sociedade sobre o assunto. ldquo;A seguran ccedil;a p uacute;blica eacute; um problema que preocupa a sociedade como um todo, por isso eacute; muito importante discutir o assunto em conjunto rdquo;, exp otilde;e.

Comprometimento
Uma indica ccedil; atilde;o do parlamentar eacute; de que as lideran ccedil;as que posteriormente participarem da elabora ccedil; atilde;o do documento resultante do F oacute;rum o enderecem aos futuros candidatos a governador, para conseguir melhores resultados. ldquo; Eacute; preciso buscar que os candidatos se comprometam com a regi atilde;o e com a quest atilde;o da seguran ccedil;a p uacute;blica rdquo;, sugere.

Pedido do Gaeco foi atendido, afirma promotor
Presente no F oacute;rum realizado no ano passado, o promotor Marcos Cristiano Andrade, do Minist eacute;rio P uacute;blico Estadual de Gua iacute;ra, diz que, com certeza, houve avan ccedil;o na seguran ccedil;a na regi atilde;o a partir do encontro em 2009. ldquo;A For ccedil;a Alfa; o incremento no efetivo da Pol iacute;cia Federal; a Opera ccedil; atilde;o Sentinela, que s atilde;o policiais do Brasil inteiro que est atilde;o patrulhando a fronteira; a cria ccedil; atilde;o, instala ccedil; atilde;o e efetiva ccedil; atilde;o do Gaeco (Grupo de Atua ccedil; atilde;o Especial de Repress atilde;o ao Crime Organizado) em Gua iacute;ra rdquo;, enumera os avan ccedil;os.
Questionado se todas essas a ccedil; otilde;es na seguran ccedil;a surgiram a partir do F oacute;rum, o promotor prefere se limitar a falar sobre o Minist eacute;rio P uacute;blico, dizendo que na reuni atilde;o do ano passado encaminhou ao procurador-geral do Estado pedido para a instala ccedil; atilde;o do Gaeco em Gua iacute;ra. ldquo;A parte do procurador-geral ele cumpriu, instalando o mais breve o Gaeco e disponibilizando policiais de minha confian ccedil;a, com viaturas, equipamentos de intelig ecirc;ncia rdquo;, destaca.

lt;galeria / gt;

TOPO