Copagril
Geral

Advogado é executado com pelo menos dez tiros de pistola no Paraguai

O advogado paraguaio Elenio Manuel Acosta Gonzalez, de 54 anos, integrante da Associação de Advogados do Paraguai, foi executado a tiros por pistoleiros na Rua Dois de Maio, no Bairro Obrero, em Pedro Juan Caballero, na fronteira com Ponta Porã (MS).

De acordo com informações policiais, o advogado seguia pela Rua Juan Luiz Soto com um veículo VW/Gol, quando ao chegar na Rua Dois de Maio foi atacado por pistoleiros que estavam em uma motocicleta estrangeira de cor vermelha. Após o crime os suspeitos fugiram, sendo que até o momento não foram localizados.

Casa do eletricista TRATAM. E ACESS.

A vítima tentou escapar do ataque, mas morreu dentro do carro após ser atingido por pelo menos dez disparos de pistola 9mm. Agentes da Polícia Nacional da Divisão de Homicídios e da Criminalística isolaram a área. O caso foi acompanhado pelo promotor de Justiça Martin Areco Torraca. O cadáver foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) do Hospital Regional.

TOPO