Ecoville – Maior rede de limpeza
Copagril
Geral

Após longa novela, Osmar Dias decide que será candidato ao governo

Foto: Arquivo/OP

Ap oacute;s horas e mais horas de negocia ccedil; otilde;es, dias e mais dias de intensas reuni otilde;es, finalmente na noite de ontem (29) o senador Osmar Dias (PDT) anunciou oficialmente que ser aacute; candidato ao Governo do Paran aacute;. Isso ocorrer aacute; independente se o seu irm atilde;o, Aacute;lvaro Dias (PSDB), for candidato a vice-presidente na chapa encabe ccedil;ada por Jos eacute; Serra (PSDB) ou n atilde;o.
A decis atilde;o de Osmar foi tomada ap oacute;s um dia de intensas negocia ccedil; otilde;es, que culminou com uma reuni atilde;o na noite de ontem, na sede do PDT paranaense, em Curitiba. Participaram da reuni atilde;o o pr oacute;prio Osmar, o presidente nacional licenciado do PDT, o ministro do Trabalho Carlos Lupi, outras lideran ccedil;as pedetistas e de outros partidos. Ficou acertado que o senador ser aacute; candidato a governador em uma alian ccedil;a que inclui o PDT, PMDB, PT, PSC e PCdoB.
H aacute; ainda a possibilidade de o PR (Partido da Rep uacute;blica) ingressar ainda hoje (30) na chapa. O PR realizou sua conven ccedil; atilde;o estadual no uacute;ltimo domingo (27) e delegou agrave; c uacute;pula do partido a defini ccedil; atilde;o de uma poss iacute;vel coliga ccedil; atilde;o com Osmar ou com o candidato do PSDB ao governo, Beto Richa. A tend ecirc;ncia, por eacute;m, eacute; que a legenda formalize o apoio ao pedetista, pois as conversas com os tucanos s oacute; se iniciaram nesta semana e a primeira op ccedil; atilde;o do PR sempre foi Osmar.

Candidato a vice
O vice de Osmar ser aacute; indicado pelo PMDB do governador Orlando Pessuti. Quem trava uma batalha para a escolha eacute; o deputado estadual Ca iacute;to Quintana (PMDB), l iacute;der do governo na Assembleia Legislativa, e o jovem deputado federal Rodrigo Rocha Loures (PMDB), que eacute; membro da executiva nacional do partido. Na mesma chapa, os candidatos ao Senado ser atilde;o o ex-governador Roberto Requi atilde;o (PMDB) e a petista Gleisi Hoffmann (PT).

Casa do eletricista MINIESCAVADEIRA

Proporcional
A coliga ccedil; atilde;o PDT, PMDB e PT deve tamb eacute;m acontecer nas elei ccedil; otilde;es proporcionais e com o apoio de mais cinco partidos. Foi confirmado que M aacute;rio Pereirta (PDT), ex-governador do Paran aacute;, ser aacute; o coordenador de campanha de Osmar Dias.

TOPO