Copagril – Compras no Site
Geral

Ato simbólico marca o início da construção do teatro

Um pequeno ato simb oacute;lico marcou, na tarde de ontem (03), o in iacute;cio da constru ccedil; atilde;o do teatro de Marechal C acirc;ndido Rondon. O prefeito Moacir Froehlich, o vice-prefeito Silvestre Cottica, secret aacute;rios municipais e demais integrantes da equipe de governo, presidente da C acirc;mara de Vereadores, Ito Dari Rannov, e demais edis, propriet aacute;rio da Baseforma Engenharia de Projetos e Obras, engenheiro civil El oacute;i Eckstein, e demais colaboradores da empresa, dentre outros, prestigiaram a solenidade.
O prefeito Moacir Froehlich destaca que o dia de ontem foi importante para o meio cultural e para todas as pessoas que h aacute; anos j aacute; reivindicavam um espa ccedil;o adequado para a promo ccedil; atilde;o de atividades culturais no munic iacute;pio, bem como para a realiza ccedil; atilde;o de eventos diversos. ldquo;Por isso este dia eacute; t atilde;o aguardado, sendo que o in iacute;cio da constru ccedil; atilde;o culminou com o ano em que o munic iacute;pio comemora os 50 anos de emancipa ccedil; atilde;o. Hoje estamos finalmente come ccedil;ando um novo tempo da cultura de Marechal C acirc;ndido Rondon rdquo;, declarou.
De acordo com o mandat aacute;rio, para a primeira etapa da constru ccedil; atilde;o, que deve levar em torno de 12 meses, ser atilde;o necess aacute;rios mais de R$ 1 milh atilde;o. Este recurso j aacute; est aacute; dispon iacute;vel h aacute; cerca de um ano, a partir de um empenho do deputado federal Dilceu Sperafico. Para a segunda etapa, menciona Moacir, igualmente o deputado j aacute; garantiu mais uma emenda de em torno de R$ 1 milh atilde;o, sendo que o dep oacute;sito foi garantido na uacute;ltima semana. No total, o teatro deve demandar recursos de R$ 5 milh otilde;es. ldquo;Em tese, portanto, temos recursos para edificar 50% da obra, contando com a contrapartida do munic iacute;pio rdquo;, comenta.

Obra 100% rondonense
Outro destaque eacute; que o teatro pode ser considerado uma obra 100% rondonense. Isto porque o projeto foi elaborado pelo escrit oacute;rio Carpenedo amp; Rheinheimer, atrav eacute;s dos arquitetos Margarete F aacute;tima Carpenedo Rheinheimer e Vilson Reinart Rheinheimer e o engenheiro civil Miguel Antonio Carpenedo. J aacute; a edifica ccedil; atilde;o da primeira etapa est aacute; sob responsabilidade da empresa vencedora da licita ccedil; atilde;o, a Baseforma. ldquo;Esta empresa eacute; de Marechal Rondon e vai gerar emprego no munic iacute;pio. No edital da licita ccedil; atilde;o, o munic iacute;pio pediu algumas garantias e que a empresa tivesse condi ccedil; otilde;es de realizar a constru ccedil; atilde;o porque quer iacute;amos evitar o que aconteceu com o Gin aacute;sio de Esportes Ney Braga. E esta empresa (Baseforma) tem condi ccedil; atilde;o t eacute;cnica e financeira, pois j aacute; fez obras grandes, apresenta condi ccedil; otilde;es enquanto empresa e possui capacidade suficiente para cumprir a etapa rdquo;, ressalta Moacir.

Casa do Eletricista – NÃO PAGUE AR

Primeira etapa
Em um primeiro momento, a Baseforma far aacute; a remo ccedil; atilde;o do entulho para da iacute; isolar a aacute;rea e dar in iacute;cio agrave; obra. A primeira etapa, de 1.378,62 m sup2;, consiste na infraestrutura, subinfraestrutura, fechamento e cobertura do audit oacute;rio em si, que inclui ainda banheiros, hall de entrada e camarim. A Casa da Cultura, estacionamento, paisagismo, dentre outros, est atilde;o previstos em etapas futuras. A informa ccedil; atilde;o eacute; do propriet aacute;rio da empresa e engenheiro civil respons aacute;vel pela edifica ccedil; atilde;o, El oacute;i Eckstein, segundo o qual, de 25 a 30 pessoas trabalhar atilde;o na obra. ldquo;Sinto-me lisonjeado em ter tido a oportunidade de participar da licita ccedil; atilde;o e ter ganho o certame para construir a primeira etapa da obra rdquo;, ressalta.

Teatro
O teatro de Marechal Rondon ter aacute; capacidade de 664 lugares no t eacute;rreo e 223 no balc atilde;o, com aacute;rea total do conjunto arquitet ocirc;nico de 3.572,19 m sup2;. O projeto compreende espa ccedil;os como foyer para exposi ccedil; otilde;es, foyer principal e hall para realiza ccedil; atilde;o de exposi ccedil; otilde;es, sanit aacute;rios, escada de acesso ao balc atilde;o, administra ccedil; atilde;o, copa e bilheteria. A obra conta tamb eacute;m com tr ecirc;s amplos camarins, e no palco ter aacute; sala de ensaio, circula ccedil; atilde;o e dep oacute;sito de cen aacute;rios.
A Casa da Cultura, por sua vez, estar aacute; situada na parte inferior do teatro, e contar aacute; com sala da Banda Municipal, sala de m uacute;ltiplo uso, sala de bal eacute;, recep ccedil; atilde;o, administra ccedil; atilde;o da Funda ccedil; atilde;o, sala de reuni otilde;es, sanit aacute;rios, varanda e acesso ao teatro interno por escada.
O estacionamento externo ter aacute; vagas para 140 ve iacute;culos, mais cinco vagas para camarins, quatro vagas para portadores de necessidades especiais e acesso para descarga de cen aacute;rios.
O projeto tamb eacute;m prev ecirc; a acessibilidade, desde os banheiros, acesso a locais de plateia e ao palco, atrav eacute;s de rampas e plataformas elevat oacute;rias.

lt;galeria / gt;

TOPO