Geral

Com PT, Pessuti acredita em vitória até no 1º turno

Governador Orlando Pessuti: E quando Lula e o Partido dos Trabalhadores (…) estiverem a serviço da nossa campanha eleitoral, eu não tenho dúvida que nós, de 25% vamos para 30%, para 35% (Foto: Maria Cristina Kunzler)

Por ocasi atilde;o de sua visita a Marechal C acirc;ndido Rondon, ontem (28), o governador Orlando Pessuti (PMDB) concedeu entrevista coletiva agrave; imprensa local. Na oportunidade, ele n atilde;o se furtou a falar sobre progn oacute;sticos agrave; elei ccedil; atilde;o estadual de outubro. O governador disse estar bastante otimista com os resultados das uacute;ltimas pesquisas e garantiu que ser aacute; candidato agrave; reelei ccedil; atilde;o. Pessuti demonstrou autoconfian ccedil;a ao citar pesquisa divulgada na quinta-feira (27), em que ele aparece com 25% das inten ccedil; otilde;es de voto para o Governo do Estado, em um cen aacute;rio em que n atilde;o concorre o senador Osmar Dias (PDT). ldquo;N atilde;o eacute; um cen aacute;rio muito diferente daquele que foi mostrado h aacute; alguns dias pela Vox Poppuli. Todos os institutos t ecirc;m mostrado mais ou menos isso. N oacute;s temos uma pesquisa que est aacute; sendo formatada para nosso consumo interno, cujos n uacute;meros n atilde;o diferem muito. Ent atilde;o, isso nos d aacute; a seguran ccedil;a e a certeza de que n oacute;s temos todas as condi ccedil; otilde;es e todas as chances de vencermos as elei ccedil; otilde;es como candidato a governador pelo PMDB rdquo;, afirmou.
Pessuti citou que em um cen aacute;rio com tr ecirc;s candidatos disputando (Beto Richa [PSDB], Osmar Dias e ele), seu nome aparece com 14 a 15 pontos percentuais nas inten ccedil; otilde;es de votos dos paranaenses. Por outro lado, demonstrou o governador, quando a disputa eacute; polarizada entre ele e Beto Richa, ou ele e Osmar Dias, seu nome ldquo;cresce rdquo; e atinge percentuais entre 25 e 27%, enquanto o outro candidato chegaria a pouco mais de 60%. ldquo;O que significa dizer que a elei ccedil; atilde;o n atilde;o est aacute; dif iacute;cil de ser vencida. Basta que no primeiro turno n oacute;s tiremos do nosso advers aacute;rio algo em torno de dez a 12 pontos percentuais, que a elei ccedil; atilde;o ir aacute; para o segundo turno, e a iacute; temos que tirar mais sete a oito pontos rdquo;, calculou.
O governador avaliou, ainda, que n atilde;o eacute; uma miss atilde;o dif iacute;cil para quem j aacute; estava com zero e 1% nas pesquisas h aacute; seis meses e hoje est aacute; entre 14% e 15%, e no confronto direto com quase 30%. ldquo; Eacute; um avan ccedil;o dos maiores rdquo;, manifestou.

Milit acirc;ncia
Para Pessuti, nas elei ccedil; otilde;es de outubro, a milit acirc;ncia do PMDB far aacute; a diferen ccedil;a nos resultados. ldquo;N atilde;o tenho d uacute;vida que em uma elei ccedil; atilde;o polarizada n oacute;s teremos um grande refor ccedil;o que eacute; a milit acirc;ncia do PMDB. A elei ccedil; atilde;o polarizada mexe mais com os brios dos companheiros e eu tenho a milit acirc;ncia como certa na nossa campanha eleitoral rdquo;, destacou.
Outro ponto a seu favor, citou ele, eacute; que em uma elei ccedil; atilde;o polarizada como a que se anuncia, poder aacute; contar a seu lado com quem chama de ldquo;o maior de todos os cabos eleitorais do Brasil rdquo;, que eacute; o presidente Lula. ldquo;E quando Lula e o Partido dos Trabalhadores e toda a hist oacute;ria de apoio do governo federal atrav eacute;s do presidente estiverem a servi ccedil;o da nossa campanha eleitoral, eu n atilde;o tenho d uacute;vida que n oacute;s, de 25% vamos para 30%, 35%, e se eles brincarem um pouco em servi ccedil;o arrisca de n oacute;s ganharmos deles ainda no primeiro turno em 03 de outubro rdquo;, conclamou.

Casa do Eletricista – RETOMA

Investimentos
Sobre investimentos que seu governo deve fazer ainda neste ano em Marechal C acirc;ndido Rondon e regi atilde;o, Pessuti anunciou que est atilde;o sendo programados recursos na aacute;rea de desenvolvimento urbano. ldquo;Tamb eacute;m eacute; inten ccedil; atilde;o nossa melhorar para os pr oacute;ximos meses os efetivos da Pol iacute;cia Militar, trazendo para c aacute; mais recursos e equipamentos, e tamb eacute;m para a Pol iacute;cia Civil, para que a seguran ccedil;a p uacute;blica possa ser melhor estruturada no munic iacute;pio e na regi atilde;o rdquo;, anunciou.

Multa Banestado
A respeito da devolu ccedil; atilde;o de R$ 260 milh otilde;es que a Secretaria do Tesouro Nacional (SNT) far aacute; ao Paran aacute;, por conta da multa relativa aos t iacute;tulos p uacute;blicos adquiridos pelo Banestado, o governador do Paran aacute; informou que o valor ser aacute; utilizado para amortizar pagamento de parcelas que o Estado tem junto ao governo federal. Portanto, ficar aacute; depositado como esp eacute;cie de poupan ccedil;a. ldquo;Deixaremos de tirar do nosso caixa cerca de R$ 60 a R$ 70 milh otilde;es por m ecirc;s, a partir de junho. Valores que poder atilde;o ser utilizados para construir Cl iacute;nica da Mulher, escolas, quadras cobertas, investir em programas de recape asf aacute;ltico junto aos munic iacute;pios, construir centros de reabilita ccedil; atilde;o e assist ecirc;ncia social (Cras), construir salas de aula, que est atilde;o sendo reivindicadas… Eacute; uma vit oacute;ria fant aacute;stica porque al eacute;m desses R$ 260 milh otilde;es que temos agora para utilizarmos em favor dos paranaenses, n oacute;s tamb eacute;m tivemos uma redu ccedil; atilde;o de cerca de R$ 700 milh otilde;es da d iacute;vida que n oacute;s t iacute;nhamos com o governo federal rdquo;, mencionou.
Por fim, Pessuti disse que a sua visita ao munic iacute;pio eacute; uma oportunidade para apoiar as reivindica ccedil; otilde;es rondonenses e tamb eacute;m demonstrar a expectativa do que o Governo do Paran aacute; ainda dever aacute; fazer por Marechal C acirc;ndido Rondon e munic iacute;pios da regi atilde;o. ldquo; Eacute; uma oportunidade de n oacute;s estarmos prestando conta, de assegurarmos os recursos e novos benef iacute;cios, e tra ccedil;armos realmente um rumo para as obras que queremos aqui concretizar nos pr oacute;ximos meses e ainda em 2010 rdquo;, concluiu.

TOPO