Geral

Dilma anuncia curso de medicina em Foz e Pato Branco

Planalto/Divulgação
Foz do Iguaçu, Pato Branco, Guarapuava, Curitiba e Umuarama forma contempladas

A presidente Dilma Rousseff anunciou ontem (08), a criação do curso de medicina em Foz do Iguaçu, Pato Branco, Guarapuava, Curitiba e Umuarama. A autorização foi feita durante a assinatura provisória que institui o Programa Mais Médicos para o Brasil.

Em Foz do Iguaçu, o curso de Medicina será na Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila), e vai ofertar 60 vagas. Segundo a instituição, o intuito é implantá-lo até 2016 em um prédio fora do campus, ao lado da Itaipu Binacional.

Casa do Eletricista – TORNEIRAS ELÉTRICAS

O programa

Conforme o discurso da presidente, no Brasil, o Programa Mais Médicos para o Brasil prevê a criação de 11,4 mil vagas até 2017. Destes, 3,7 mil serão destinadas para cursos já existentes e o restante para novos cursos, criados em 60 cidades brasileiras.

“Vamos criar novos cursos de medicina, ampliar o número de vagas, mas todos sabemos que um médico leva de seis a dez anos para concluir a sua formação. E até que essa nova geração que hoje nós criamos as condições para ampliar, através de mais vagas, até que essa nova geração, tanto no que se refere à graduação quanto no que se refere à residência, cheguem ao mercado de trabalho”, disse durante o pronunciamento.

Dilma Rousseff também divulgou que o pacote prevê a ampliação de vagas de residência e a contratação de milhares de médicos do Brasil e do exterior. “As vagas disponíveis nós vamos oferecer, e hoje nós iniciamos esse processo, primeiro a médicos brasileiros, com uma remuneração de R$ 10 mil, que será paga integralmente pelo governo federal e, portanto, não irá onerar, em termos de custeio, os municípios brasileiros”, afirmou.

TOPO