Copagril
Geral

Em 2010 o Rondon em Obras vai se concretizar

Ap oacute;s ter assumido o Poder Executivo que foi administrado durante oito anos seguidos por outro grupo pol iacute;tico, o prefeito de Marechal C acirc;ndido Rondon, Moacir Froehlich, faz uma avalia ccedil; atilde;o positiva do primeiro ano de governo, que se encerra com obras inauguradas e entregues agrave; popula ccedil; atilde;o, obras sendo iniciadas, licitadas e outras previstas para 2010. Em entrevista ao O Presente, ontem (29), o mandat aacute;rio fala das principais dificuldades enfrentadas neste primeiro ano, sobre as principais conquistas do munic iacute;pio, expectativas para o ano que est aacute; prestes a iniciar, al eacute;m de sua equipe administrativa e das elei ccedil; otilde;es estaduais. Confira.

Dificuldades
No in iacute;cio do seu governo, o prefeito Moacir Froehlich enfrentou contratempos como, por exemplo, a elei ccedil; atilde;o da mesa diretiva da C acirc;mara de Vereadores, a queda na arrecada ccedil; atilde;o a partir de mar ccedil;o e seus desdobramentos, al eacute;m de problemas or ccedil;ament aacute;rios. Indagado sobre os principais desafios enfrentados ao longo do ano, o chefe do Poder Executivo menciona tr ecirc;s. ldquo;O primeiro deles eacute; uma certa lsquo;escurid atilde;o rsquo; quanto agrave; situa ccedil; atilde;o administrativa que o munic iacute;pio se encontrava; alguns v iacute;cios que acabaram se instalando em alguns setores espec iacute;ficos; e tamb eacute;m a renova ccedil; atilde;o da equipe de governo rdquo;, enumera. ldquo;Mas superamos tudo isso rdquo;, assegura.
Dentro da situa ccedil; atilde;o que ele encontrou, o problema maior foi o da Companhia de Desenvolvimento de Marechal C acirc;ndido Rondon (Codecar), que apresentava d iacute;vidas pr oacute;ximas de R$ 4 milh otilde;es, somando todos os passivos. ldquo;Se at eacute; para fechar ter iacute;amos que pagar esse montante, optamos por tocar a Codecar, pois ela eacute; importante na limpeza, na administra ccedil; atilde;o da pedreira para a pavimenta ccedil; atilde;o rdquo;, declara, acrescentando que o alongamento de d iacute;vidas permitido pelo governo federal tamb eacute;m para as companhias mistas favoreceu com que a Codecar fosse saneada.

Casa do Eletricista folha LORENZETTI

Adimpl ecirc;ncia
De acordo com o prefeito, o munic iacute;pio passou praticamente um ano na condi ccedil; atilde;o de inadimpl ecirc;ncia, realidade que mudou apenas na semana passada, quando Marechal C acirc;ndido Rondon reconquistou seu cr eacute;dito. ldquo;Recebemos no dia 24, da Secretaria do Tesouro Nacional, do Minist eacute;rio da Fazenda, um documento atestando que o munic iacute;pio est aacute; adimplente e por isso em condi ccedil; atilde;o de financiar maquin aacute;rios e receber recursos federais rdquo;, salienta.
Assim sendo, o munic iacute;pio est aacute; apto a comprar maquin aacute;rios que somam em torno de
R$ 2,3 milh otilde;es para quatro caminh otilde;es, duas motoniveladoras, p aacute;-carregadeira e tr ecirc;s retroescavadeiras tra ccedil;adas. ldquo;S oacute; conseguimos isso depois de um ano. Esta eacute; uma prova cabal de que este foi o maior desafio rdquo;, pontua o mandat aacute;rio.

Freio
Em raz atilde;o da ampla expectativa gerada tanto na popula ccedil; atilde;o como no grupo pol iacute;tico que venceu as elei ccedil; otilde;es municipais, considerando a grande diferen ccedil;a de votos conquistados por Moacir Froehlich e Silvestre Cottica, os novos administradores precisaram lidar com a press atilde;o da demanda. ldquo;Tivemos que colocar alguns freios, principalmente quando vimos a curva da arrecada ccedil; atilde;o caindo. Mas fizemos o enfrentamento pessoalmente para cortar despesas e cuidamos do caixa. Foi gra ccedil;as a isso que a governabilidade se manteve rdquo;, garante.

Marcas
Dentre as obras projetadas para o seu governo, Froehlich destaca a constru ccedil; atilde;o do teatro municipal, cujo investimento est aacute; or ccedil;ado em R$ 5 milh otilde;es, como a obra mais vultuosa da sua administra ccedil; atilde;o. ldquo;A principal marca que iremos deixar ser aacute; justamente o que assumimos durante a campanha, pois em 2010 o lsquo;Rondon em Obras rsquo; vai se concretizar efetivamente por meio de v aacute;rias frentes rdquo;, enfatiza.
Dentre as outras obras previstas, ele ainda menciona a pavimenta ccedil; atilde;o rural, cujo investimento tamb eacute;m deve ficar entre R$ 4 e
R$ 5 milh otilde;es; e ainda a constru ccedil; atilde;o do F oacute;rum, que ter aacute; valor equivalente, mesmo n atilde;o sendo do munic iacute;pio, este eacute; coparticipante por meio da doa ccedil; atilde;o da aacute;rea.

Conquistas
Al eacute;m da adimpl ecirc;ncia do munic iacute;pio, o prefeito menciona entre as principais conquistas deste ano a inaugura ccedil; atilde;o da ciclovia dentro da data estabelecida (em 100 dias ap oacute;s ter assumido o governo) e a do Gin aacute;sio de Esportes Ney Braga, conclu iacute;do em 240 dias. ldquo;Tamb eacute;m aceitamos o desafio de inserir 700 crian ccedil;as no sistema educacional (creches e escolas) e conseguimos isso remanejando alunos e espa ccedil;os, sem construir uma s oacute; sala de aula. Articulamos isso com apoio da secret aacute;ria de Educa ccedil; atilde;o, Marta (Bendo), e apoio decisivo da primeira-dama (Maria Cleonice), que tamb eacute;m eacute; educadora rdquo;, enfatiza.
Froehlich ainda menciona a constru ccedil; atilde;o de duas pontes, compra de uma viatura do Siate e um desencarcerador, foram adquiridos tamb eacute;m quatro ve iacute;culos para a Sa uacute;de e instaladas duas academias (na pra ccedil;a da igreja Cat oacute;lica e no lago municipal). ldquo;Elas geraram muita satisfa ccedil; atilde;o para a popula ccedil; atilde;o em geral, pessoas de todas as idades rdquo;, constata.
O mandat aacute;rio comenta que dois postos de sa uacute;de j aacute; est atilde;o mobiliados para serem entregues agrave; comunidade, sendo um no bairro Augusto e outro no S atilde;o Lucas. ldquo;Neles ir aacute; funcionar o Programa Sa uacute;de da Fam iacute;lia. Vamos colocar equipes agrave; disposi ccedil; atilde;o para retomar este trabalho preventivo rdquo;, diz.
Outras obras s atilde;o a incubadora industrial, que j aacute; tem um barrac atilde;o para funcionamento no parque industrial II, a reforma no parque de lazer de Porto Mendes, melhorias em estradas rurais e ainda a ren uacute;ncia de juros e multas sobre tributos municipais devidos por contribuintes a partir do Pr oacute;-Refis. ldquo;Foi uma medida corajosa, que a C acirc;mara nos apoiou integralmente, e que fez com que muitos contribuintes resgatassem sua condi ccedil; atilde;o de adimplentes rdquo;, salienta. ldquo;Para o ano que vem, assumimos o compromisso de oferecer um Pr oacute;-Refis tamb eacute;m para o FMD (Fundo Municipal de Desenvolvimento), por meio do qual temos cerca de R$ 10 milh otilde;es para receber rdquo;, adianta.

Organiza ccedil; atilde;o urbana
A partir das obras previstas, conforme Froehlich, o munic iacute;pio est aacute; sendo organizado em complexos espec iacute;ficos. Com a constru ccedil; atilde;o do novo F oacute;rum pr oacute;ximo agrave; sede da OAB e do F oacute;rum Eleitoral, o quarteir atilde;o abrigar aacute; um complexo do Poder Judici aacute;rio. O mesmo acontecer aacute; com a doa ccedil; atilde;o da aacute;rea localizada na Avenida Irio Welp agrave; Unioeste, onde pode-se considerar um aglomerado acad ecirc;mico; h aacute; ainda a aacute;rea de cultura e lazer, na regi atilde;o do lago municipal, com a constru ccedil; atilde;o do teatro; o complexo desportivo na regi atilde;o do est aacute;dio e do gin aacute;sio municipal; e o dos outros dois poderes, assim que a C acirc;mara de Vereadores passar a funcionar onde hoje eacute; o F oacute;rum, ao lado da prefeitura.

Demandas
Dentre as propostas de campanha constantes do plano de governo de Moacir e Cottica constava o atendimento de 12 meses para crian ccedil;as que frequentam as creches, o qual, segundo o prefeito, foi efetivamente implantado. ldquo;Como nem todas as crian ccedil;as querem estar em janeiro na creche, atualmente existe uma col ocirc;nia de f eacute;rias para atender a demanda rdquo;, explica.
Indagado sobre outro item da proposta, que era a instala ccedil; atilde;o de uma UTI microrregional, o prefeito disse que houve uma reavalia ccedil; atilde;o desta, em raz atilde;o de um descompasso que a inviabiliza.

Pol iacute;tica
O chefe do Executivo rondonense acredita que o munic iacute;pio pode ser beneficiado com a afinidade pol iacute;tica que possui com o vice-governador Orlando Pessuti, o qual governar aacute; o Paran aacute; por nove meses e eacute; pr eacute;-candidato ao Governo do Estado. ldquo;Penso que podemos avan ccedil;ar bem em conv ecirc;nios com o Governo do Estado nesse per iacute;odo rdquo;, comenta, acrescentando que acredita que ele tem possibilidade real de se tornar governador eleito. ldquo;Vejo que ele eacute; candidato em uma situa ccedil; atilde;o at eacute; confort aacute;vel, pois n atilde;o vejo de que forma, no primeiro turno, algu eacute;m tenha condi ccedil; atilde;o de impedi-lo de ser candidato. Ele eacute; meu candidato a governador rdquo;, frisa.

Candidatos
Tamb eacute;m s atilde;o candidatos a quem Froehlich deve fazer frente no munic iacute;pio: Ademir Bier a deputado estadual e Dilceu Sperafico e Moacir Micheletto a deputados federais. ldquo;S atilde;o dois deputados do grupo, que nos apoiaram na campanha e que t ecirc;m participa ccedil; atilde;o no governo rdquo;, diz. Um dos nomes a ter apoio do prefeito para o Senado eacute; o do atual governador, Roberto Requi atilde;o.
J aacute; com rela ccedil; atilde;o agrave; Presid ecirc;ncia da Rep uacute;blica, o prefeito afirma que n atilde;o h aacute; como se posicionar no momento, j aacute; que o cen aacute;rio pol iacute;tico ainda est aacute; muito indefinido.

Ajustes na equipe
Quanto aos rumores de eventual mudan ccedil;a na equipe de governo, o prefeito descarta que haja alguma defini ccedil; atilde;o. ldquo;Eu e o Cottica vamos aproveitar os pr oacute;ximos 30 dias para fazer ajustes. Se n atilde;o houver entendimento desses ajustes comportamentais e de relacionamento com a pr oacute;pria equipe, a iacute; sim poder aacute; haver mudan ccedil;as, mas essa n atilde;o eacute; a ideia inicial rdquo;, salienta.
Do ponto de vista de Froehlich, a avalia ccedil; atilde;o mais concreta sobre o grau de comprometimento dos integrantes de sua equipe ser aacute; ap oacute;s as elei ccedil; otilde;es estadual e federal. ldquo;Para ver quem realmente est aacute; compromissado com o grupo n oacute;s vamos avaliar na elei ccedil; atilde;o lsquo;de meio rsquo;, no ano que vem rdquo;, refor ccedil;a.

Proje ccedil; otilde;es
Tendo em vista que 2010 ser aacute; um ano eleitoral, considerado favor aacute;vel para obras e aquecido politicamente, o prefeito rondonense se declara preparado para a nova ldquo;maratona rdquo;. ldquo;Sinto-me preparado tanto para tocar as obras como para a busca de votos para os candidatos do meu grupo. O primeiro ano foi a prepara ccedil; atilde;o administrativa para poder executar obras e em seguida iremos ao encontro do eleitor ouvir cr iacute;ticas e contribui ccedil; otilde;es, al eacute;m de pedir votos rdquo;, menciona.

C acirc;mara
Sobre o fato de o partido do prefeito, o PMDB, ter solicitado a instala ccedil; atilde;o de uma Comiss atilde;o Especial (CE) que poderia culminar com a cassa ccedil; atilde;o de um dos vereadores que fez parte da alian ccedil;a para sua elei ccedil; atilde;o ( Iacute;talo Fumagali) pela acusa ccedil; atilde;o de falta de decoro parlamentar (o qual teve uma liminar concedida pela Justi ccedil;a, paralisando o processo), Froehlich ressalta que em nenhum momento o Poder Executivo participou de decis otilde;es em rela ccedil; atilde;o ao Poder Legislativo. ldquo;Toda a discuss atilde;o aconteceu no acirc;mbito do Poder Legislativo. A quest atilde;o do partido ter pedido n atilde;o envolve o prefeito, at eacute; porque n atilde;o integro mais a executiva, apenas o diret oacute;rio rdquo;, garante.

Reelei ccedil; atilde;o
Questionado se pensa em buscar a reelei ccedil; atilde;o daqui tr ecirc;s anos, Froehlich diz que no momento trabalha para atender a popula ccedil; atilde;o, no entanto n atilde;o descarta a possibilidade futura. ldquo;Para golear eacute; preciso fazer o primeiro gol. Isso vale para a pol iacute;tica. N atilde;o adianta pensar na reelei ccedil; atilde;o se n atilde;o fizer um bom governo e n atilde;o eleger seus deputados e um governador do seu grupo. Ent atilde;o n atilde;o penso nisso, mas n atilde;o digo que n atilde;o sou candidato porque isso eacute; um suic iacute;dio pol iacute;tico para o grupo. Estou trabalhando para fazer um oacute;timo governo rdquo;, salienta.
Conforme o chefe do Executivo, o ano de 2010 ser aacute; a grande demonstra ccedil; atilde;o da capacidade de realiza ccedil; atilde;o de sua equipe de governo. ldquo;Se algu eacute;m, eventualmente, tem d uacute;vida, em 2010 seremos mais claros para a popula ccedil; atilde;o que viemos para trabalhar rdquo;, conclui.

Obras para 2010
1) nbsp; nbsp; nbsp; Pedra irregular Lira/Novo Horizonte
2) nbsp; nbsp; nbsp; Pavimenta ccedil; atilde;o comunit aacute;ria dos bairros
3) nbsp; nbsp; nbsp; Um projeto habitacional
4) nbsp; nbsp; nbsp; Aacute;rea de esgoto
5) nbsp; nbsp; nbsp; Aacute;rea para Unioeste
6) nbsp; nbsp; nbsp; Teatro
7) nbsp; nbsp; nbsp; Conjunto Habitacional do Ceval
8) nbsp; nbsp; nbsp; Central de Medicamentos
9) nbsp; nbsp; nbsp; Constru ccedil; atilde;o do Posto de Sa uacute;de de Margarida
10) nbsp; nbsp; nbsp; Incubadora industrial
11) nbsp; nbsp; nbsp; Recupera ccedil; atilde;o do pavimento urbano existente
12) nbsp; nbsp; nbsp; Execu ccedil; atilde;o do conv ecirc;nio Aacute;gua Boa
13) nbsp; nbsp; nbsp; Cl iacute;nica da Mulher
14) nbsp; nbsp; nbsp; Biblioteca Cidad atilde;
15) nbsp; nbsp; nbsp; Duplica ccedil; atilde;o da Avenida Irio Welp
16) nbsp; nbsp; nbsp; Equipar e colocar em funcionamento:
nbsp; nbsp; nbsp; Posto de Sa uacute;de do Augusto
nbsp; nbsp; nbsp; Posto de Sa uacute;de do S atilde;o Lucas

lt;galeria / gt;

TOPO