Brincando na Praça 2019
Geral

Em 60 dias, cotação da carne suína tem alta de 25%

Foto: Maria Cristina Kunzler

Se nos uacute;ltimos meses os suinocultores precisaram praticamente pagar para produzir, tendo em vista que o valor pago pelo quilo do su iacute;no vivo, h aacute; 60 dias, era de cerca de R$ 1,80, enquanto que o custo de produ ccedil; atilde;o gira em R$ 2,30, agora a situa ccedil; atilde;o come ccedil;a a se inverter. Neste m ecirc;s houve uma ascens atilde;o dos pre ccedil;os e ontem (14) a cota ccedil; atilde;o chegou a em torno de R$ 2,25, ou seja, um aumento de 30,5%. Isso se deve ao bom n iacute;vel de embarque da carne para o mercado externo e a proximidade das festas de final do ano. ldquo;Esperamos que haja uma rea ccedil; atilde;o um pouco maior para que o suinocultor recupere o preju iacute;zo e possa continuar na atividade rdquo;, diz o vice-presidente Administrativo da Associa ccedil; atilde;o Paranaense de Suinocultores (APS), Jo atilde;o Batista Manfio (foto).

LEIA MAT Eacute;RIA COMPLETA NA VERS Atilde;O IMPRESSA

Casa do Eletricista ESCAVAÇÕES
TOPO