Pref. Marechal NATAL 2020
Pref. Pato Bragado COVID
Geral

Frimesa presta contas em Assembleia

A Assembleia Geral Ordinária para prestar contas do exercício de 2009 reuniu os 30 delegados das cooperativas filiadas – Copagril, Lar, Copacol, C.Vale e Primato -, autoridades e convidados, ontem (25) (Foto: Divulgação)

A Frimesa Cooperativa Central com sede em Medianeira realizou ontem (25) a Assembleia Geral Ordin aacute;ria (AGO) para prestar contas do exerc iacute;cio de 2009. Participaram do evento, que elegeu e empossou o Conselho Fiscal de 2010, os 30 delegados das cooperativas filiadas – Copagril, Lar, Copacol, C.Vale e Primato -, autoridades e convidados.
Enfrentando um ano trabalhoso e competitivo, as vendas de derivados de carne su iacute;na e l aacute;cteos com a marca Frimesa somaram em 2009
R$ 777.737.367, um crescimento de 12% se comparado com o ano anterior quando o faturamento contabilizou R$ 694,1 milh otilde;es. Outro destaque foi o aumento no volume de industrializa ccedil; atilde;o de carne su iacute;na, que cresceu 17,8%.
ldquo;Dois mil e nove mostrou-se extremamente desafiador. Defrontamos um mercado interno altamente ofertado, ocasionando pre ccedil;os baixos e as exporta ccedil; otilde;es foram prejudicadas pelo c acirc;mbio valorizado e pela redu ccedil; atilde;o da demanda externa rdquo;, declarou o diretor-presidente da Frimesa, Valter Vanzella. Ele afirma ainda que a estrutura industrial para agregar valor e o posicionamento da marca no mercado resultou na prote ccedil; atilde;o ao campo. ldquo;Blindamos os produtores integrados dos efeitos gerados pela crise financeira mundial rdquo;, disse.
Em rela ccedil; atilde;o ao volume de vendas, em 2009 foram distribu iacute;dos quase 232 mil toneladas de alimentos, divididos num mix de 341 produtos diferentes. A produ ccedil; atilde;o envolve uma cadeia de 4.609 produtores de leite e suinocultores integrados.
Destaca-se ainda no relat oacute;rio de contas da Frimesa o cumprimento no cronograma de investimentos mesmo diante do cen aacute;rio de dificuldades. O principal foi a amplia ccedil; atilde;o da unidade de Matel acirc;ndia, construindo uma ind uacute;stria de refrigerados. A transforma ccedil; atilde;o da unidade de Aurora (SC) em uma ind uacute;stria de queijos, a transfer ecirc;ncia das opera ccedil; otilde;es de log iacute;stica das filiais de vendas para terceiros, o incremento nos sistema de tecnologia de informa ccedil; atilde;o tamb eacute;m somam a lista de investimentos da Central. nbsp; nbsp; nbsp;

CARNE SU Iacute;NA
A unidade industrial de carnes abateu 788.268 cabe ccedil;as de su iacute;nos no ano passado, sendo uma m eacute;dia di aacute;ria de 3.150 animais. Toda a produ ccedil; atilde;o foi transformada em 104 mil toneladas de alimentos, sendo 62% industrializados, o restante dividido entre cortes salgados, congelados e exporta ccedil; atilde;o. O perfil industrial da Frimesa permitiu a sustenta ccedil; atilde;o dos pre ccedil;os da carne su iacute;na para os integrados acima da m eacute;dia do mercado. ldquo;A carne su iacute;na no mercado brasileiro nunca valeu t atilde;o pouco como 2009 rdquo;, mencionou Vanzella, referindo-se agrave; queda de 50% na arroba.
O quilo do su iacute;no vivo posto do frigor iacute;fico teve m eacute;dia de
R$ 2,27 (valor repassado agrave; integra ccedil; atilde;o mais frete) contra os R$ 1,80 registrados no mercado independente.

Casa do Eletricista – NÃO PAGUE AR

LEITE
Em 2009 a Frimesa processou 551.293 litros de leite por dia, totalizando 127.806 toneladas de produtos. Todo o leite recebido teve o seguinte destino: 23% industrializados, 28% para a produ ccedil; atilde;o de queijos, 32% em forma de leite longa vida e 17% como leite flu iacute;do. O valor m eacute;dio do leite recebido pela Frimesa foi de R$ 0,68, sendo 3,1% a mais que o ano anterior.

Expectativa para 2010
Abrir mercado para mais 120 mil cabe ccedil;as de su iacute;nos que ser atilde;o abatidos a mais em 2010 eacute; o grande desafio comercial da Frimesa. Isso significa colocar no mercado 28 mil toneladas de alimentos a mais. ldquo;Projetamos crescer e nosso esfor ccedil;o continuar aacute; centrado em repassar um valor pela mat eacute;ria-prima que permita aos produtores viabilizarem suas atividades rdquo;, ressaltou.
Em leite a meta eacute; processar 560 mil litros de leite por dia, reduzindo ainda mais a produ ccedil; atilde;o de flu iacute;dos e incrementando a de industrializados. Toda a produ ccedil; atilde;o da Frimesa deve gerar um faturamento de R$ 897,7 milh otilde;es, 15,4% a mais. ldquo;Esperamos novas conquistas e vamos agir para isso rdquo;, finaliza Vanzella.

TOPO