Ecoville – Maior rede de limpeza
Ford Show Rural
Geral

Gêmeas ficam grávidas com 15 dias de diferença e celebram coincidência

Arquivo Pessoal

Daniela (E) e Sabrina (D) celebraram juntas o chá dos bebês

Coincidência é a palavra que define a trajetória das irmãs gêmeas Daniela e Sabrina Marder. Aos 36 anos, as duas estão grávidas com apenas duas semanas de diferença. A previsão é que os bebês nasçam em agosto, mesmo mês em que fazem aniversário. A gestação gêmea, como têm chamado, é compartilhada desde os exames até o chá de fraldas, que ocorreu em conjunto no último final de semana, em Porto Alegre.

A advogada Daniela foi quem ficou grávida primeiro. Mãe do pequeno André, de dois anos, ela agora está à espera de uma menina, que se chamará Bruna. Dias depois da confirmação da gravidez, ela recebeu uma ligação da irmã para contar a mesma novidade, que levou as duas às lágrimas.

Eu e meu marido tentamos por uns seis meses, até que eu engravidei. Durante as minhas tentativas, a Sabrina falou que estava pensando em engravidar também. Mas a gente nunca imaginou que seria tão rápido. Eu descobri e, 15 dias depois, ela me ligou e disse: você nem sabe, eu também estou grávida, diverte-se Daniela.

Casa do eletricista MINIESCAVADEIRA

Ela estava na praia com a nossa mãe. Eu liguei por Skype e pedi para falar com as duas ao mesmo tempo. Eu contei que íamos para o hospital juntas e logo começamos a chorar, destaca a psicóloga.

Na descoberta do sexo dos bebês, outra coincidência. Enquanto Daniela espera por Bruna e já tem o André, Sabrina, que é mãe de Maria Eduarda, de três anos, terá um menino chamado Bento. Cada uma ficará, portanto, com um casal de filhos. Isso possibilita a troca de conselhos e até de roupas das crianças.

Herdei muitas roupas que são do André e agora vão para o Bento. Assim como as roupas da Maria Eduarda podem ir para a Bruna, conta Sabrina. A gente troca bastante figurinha, o que cada uma está tomando, o que está sentindo. A gente está passando por isso juntas. Brincamos que, se nossos filhos não são gêmeos, nossa gravidez é.

A gravidez em dupla foi uma grata surpresa para a família. Daniela mora atualmente em Caxias do Sul, na Serra, mas viaja para a capital sempre que pode. As duas também partilham a mesma médica, que ficou igualmente impressionada ao saber que seria responsável pelo parto das irmãs no mesmo mês, no Hospital Moinhos de Vento, em Porto Alegre.

Temos uma gestação bem parecida, bem tranquila. Nossos pais é que ficaram mais impressionados. Temos um irmão mais novo que já tem filho também, então eles falaram: meu Deus, de três netos passou para cinco de uma hora para outra. E temos muito amigos em comum que tiveram a mesma reação, completa Daniela.

Os nomes das crianças, ambos iniciados com a letra B, não foram combinados. Elas escolheram e, mais uma vez por coincidência, descobriram a semelhança. O chá de fraldas, por exemplo, foi chamado de “chá de B e B”, uma brincadeira das irmãs com a expressão “chá de bebê”.

Acostumadas à vida de gêmeas, elas nem se importam quando as barrigas são comparadas. Segundo as duas, é comum que as pessoas queiram saber qual está maior. Atualmente, Daniela está com 28 semanas de gestação, e Sabrina com 26. Ao que tudo indica, Bruna virá no dia 15 de agosto e Bento no dia 27. Agora, resta curtir a espera pela nova dupla da família Marder.

TOPO