Geral

Moradores de seis cidades sofrem com a falta de água devido ao temporal

Seis cidades do norte do Paraná sofrem com a falta de água neste domingo (05), devido ao temporal que atingiu a região na tarde de sábado (04). A Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) informou que está deslocando caminhões-pipa para atender hospitais e pontos críticos nos locais prejudicados.

Em Tamarana, a falta de energia elétrica prejudica a produção e o bombeamento da água. Mais de 20 postes quebraram na cidade e aproximadamente 200 casas foram destelhadas com as chuvas de sábado. Na manhã deste domingo, moradores faziam fila para pegar água em uma escola.

Casa do Eletricista – RETOMA

Na cidade, além da falta de energia, uma árvore rompeu a adutora, de acordo com a Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar). Os técnicos da empresa já trabalham no conserto da tubulação.

Conforme a Companhia de Energia do Paraná (Copel), a previsão de normalização do abastecimento luz é segunda-feira (06).

No distrito de Lerroville, em Londrina, que fica no limite com Tamarana, a falta de energia também levou à interrupção do abastecimento de água para os cinco mil moradores da localidade, segundo a Defesa Civil.

Ao menos 22 casas foram destelhadas 35 árvores caíram no distrito. Até a noite de sábado, a Copel havia informado que 12 postes haviam quebrado na região, comprometendo a rede de energia.

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e a Defesa Civil informaram que farão uma força-tarefa nesta segunda pela manhã para corte e retirada das árvores. Assim como em Tamarana, a expectativa é de que o abastecimento de energia seja normalizado nesta segunda.

 

Região de Apucarana

De acordo com a Sanepar, na região de Apucarana foram atingidos pelo temporal e estão com problemas no abastecimento de água os distritos de São José e Nova Amoreira, além do município de Marilândia do Sul, a cidade de Novo Itacolomi e Bom Sucesso.

A falta de energia também é o motivo para o desabastecimento nessas cidades. A previsão é de que o serviço seja restabelecido até o fim da noite deste domingo, segundo informações da Sanepar.

 

RPC TV

TOPO