Copagril
Geral

Mulher leva tiro e pede ajuda através de rede social

Reprodução
Mulher pediu socorro pelo Facebook

A Polícia Civil do Espírito Santo investiga a morte de Célia Sousa de Oliveira, moradora de Tucuruí. Ela foi morta com dois tiros, dentro de sua casa, na praia de Guriri, no estado do Espirito Santo. Antes de morrer, ela ainda teve tempo de avisar, em seu perfil no Facebook, que fora baleada.

Segundo a polícia, a vítima foi surpreendida por um homem, que invadiu sua residência por volta das 23 horas, de domingo (14). Ele teria arrombado a porta da cozinha, e disparado o primeiro tiro no abdômen de Edna, que estava sentada no sofá da sala. Mesmo ferida, a moça conseguiu correu para o quarto com o celular na mão e trancou-se.

Casa do eletricista TRATAM. E ACESS.

Ela ainda teve tempo de postar no Facebook “Acabei de levar um tiro aqui dentro de casa” e a ligar para um amigo pedindo socorro. Edna ainda recebeu uma ligação da irmã e pediu “Me ajuda. Estou sangrando muito”. O assassino conseguiu, então, arrombar a porta do quarto onde a vítima estava e disparar o segundo tiro, que atingiu a cabeça.

Um fato que chamou a atenção da polícia foi de que nada foi roubado da casa. A irmã da vítima está cuidando do translado do corpo para Tucuruí, onde os familiares estão no aguardo para o funeral e sepultamento.

TOPO