Ecoville – Maior rede de limpeza
Geral

Oposição aciona o governo por uso ilegal de site oficial

O l iacute;der da bancada da oposi ccedil; atilde;o na Assembleia, deputado Elio Rusch (DEM), decidiu entrar na Justi ccedil;a para coibir, segundo ele, os abusos cometidos pelo governador Roberto Requi atilde;o ao utilizar os ve iacute;culos de comunica ccedil; atilde;o oficiais do Governo para promo ccedil; atilde;o pessoal e pol iacute;tica.
Hoje (03) ser aacute; protocolada uma a ccedil; atilde;o popular requerendo que as mat eacute;rias com cunho pol iacute;tico-partid aacute;rio publicadas no site oficial do Governo do Paran aacute; sejam retiradas do ar. A a ccedil; atilde;o pede ainda que seja proibida a veicula ccedil; atilde;o de novas mat eacute;rias de cunho pessoal nos sites oficiais. ldquo;O governador Requi atilde;o tem o direito de ser candidato ao cargo que quiser. Ele que viabilize a candidatura pelos meios partid aacute;rios, n atilde;o utilizando a estrutura p uacute;blica rdquo;, afirmou Rusch.
O deputado recha ccedil;ou a utiliza ccedil; atilde;o da p aacute;gina oficial do Governo do Estado e da Ag ecirc;ncia de Not iacute;cias para divulgar fotografias e tamb eacute;m uma extensa mat eacute;ria sobre o lan ccedil;amento da pr eacute;-candidatura do governador agrave; presid ecirc;ncia. ldquo;Ele (Requi atilde;o) que use o site do seu partido para divulgar esses atos rdquo;, completou.
Ontem (02), durante sess atilde;o plen aacute;ria, o parlamentar condenou mais uma vez o uso pol iacute;tico e de autopromo ccedil; atilde;o nos programas da R aacute;dio e Televis atilde;o Educativa do Paran aacute; (RTVE) e tamb eacute;m no site oficial do Governo do Estado.
ldquo;Ao levar uma equipe da TV Educativa para Bras iacute;lia a fim de cobrir o lan ccedil;amento da pr eacute;-candidatura do Requi atilde;o agrave; presid ecirc;ncia, o governador usou mais uma vez a m aacute;quina p uacute;blica para sua autopromo ccedil; atilde;o rdquo;, disse.
Segundo o deputado, eacute; inadmiss iacute;vel que duas equipes da TV Educativa e tamb eacute;m profissionais da Ag ecirc;ncia Estadual de Not iacute;cias fa ccedil;am a cobertura de um evento pol iacute;tico, que nada tem a ver com a administra ccedil; atilde;o estadual. ldquo;L aacute; estavam funcion aacute;rios do Governo do Estado, pagos com dinheiro p uacute;blico. O governador tem todo o direito de postular e viabilizar sua candidatura, mas jamais usar de recursos p uacute;blicos para isso. O direito pol iacute;tico n atilde;o pode se juntar com o administrativo, como o governador tem feito rdquo;, ressaltou.
Rusch lembrou situa ccedil; otilde;es semelhantes que resultaram em multas ao governador que superam R$ 800 mil, por determina ccedil; atilde;o da Justi ccedil;a. Eacute; o caso do uso indevido da emissora p uacute;blica, atrav eacute;s da Escola de Governo, para atacar ve iacute;culos de comunica ccedil; atilde;o e advers aacute;rios pol iacute;ticos.

Requerimento rejeitado
A maioria governista na Assembleia rejeitou o pedido de informa ccedil; otilde;es dos deputados da bancada da oposi ccedil; atilde;o sobre os cargos de diretor-presidente da R aacute;dio e Televis atilde;o Educativa do Paran aacute; (RTVE). O requerimento foi rejeitado por 21 votos contr aacute;rios e sete favor aacute;veis. O l iacute;der da bancada, deputado Elio Rusch (DEM), n atilde;o concordou com a alega ccedil; atilde;o do l iacute;der governista, que apresentou c oacute;pia dos decretos de nomea ccedil; otilde;es dos senhores Marcos Batista e C eacute;sar Queiroz Benjamin, e considerou que seriam suficientes para esclarecer os questionamentos da oposi ccedil; atilde;o. ldquo;O pedido de informa ccedil; otilde;es requisitava muito mais. Quer iacute;amos saber por que a RTVE possui dois cargos de dire ccedil; atilde;o com simbologias diferentes. Que secretaria especial eacute; ocupada pelo Marcos Batista? rdquo;, explicou Rusch, informando que vai apresentar administrativamente um requerimento direto aos oacute;rg atilde;os relacionados agrave;s contrata ccedil; otilde;es em quest atilde;o: Secretaria da Cultura, Secretaria da Administra ccedil; atilde;o e Casa Civil.

Casa do eletricista TRATAM. E ACESS.
TOPO