Ford Ka 2020
Geral

Papas João Paulo II e João XXIII vão se tornar santos

Reuters
O Papa João Paulo II em 30 de janeiro de 2005 no Vaticano

Os falecidos Papas João Paulo II e João XXIII vão ser canonizados, confirmou o Vaticano nesta sexta-feira (05). O Vaticano anunciou que o Papa Francisco aprovou, nesta sexta, um decreto que reconhece um segundo milagre atribuído ao pontífice polonês Karol Wojtyla, que nasceu em 1920 e liderou a Igreja Católica entre 1978 e sua morte, em 2005.

O Vaticano confirmou que o Papa João XXIII, que pontificou entre 1958 e 1963, também será santificado. Em seu caso, Francisco considerou que a canonização é merecida, apesar de não haver nenhum milagre formalmente atribuído a ele. As datas das cerimônias de canonização ainda não foram divulgadas.

Casa do eletricista TRATAM. E ACESS.

“Poderá ocorrer no final de 2013”, afirmou o porta-voz do Vaticano, padre Federico Lombardi.

Segundo milagre

A atribuição de um segundo milagre ao beato João Paulo II foi o passo-chave para sua rápida canonização, autorizada apenas oito anos depois de sua morte, em 2005. “O sumo pontífice aprovou a canonização de João XXIII e decidiu convocar um consistório para a canonização do beato João Paulo II”, informou o Vaticano em sua nota.

Divulgação
Papa João XXIII

Segundo a mídia religiosa, Francisco quis relativizar a canonização do Papa polonês ao autorizar simultaneamente e sem necessidade de demonstrar uma intercessão em um milagre a de João XXIII, o chamado “Papa bom”. O pontificado de João Paulo II, que atraía multidões em todo mundo, foi questionado nos últimos anos por sua atitude frente à pedofilia e aos escândalos do banco do Vaticano.

A decisão do Papa de canonizar João XXIII sem registro de milagre, algo não muito frequente nas últimos décadas, é uma prerrogativa do chefe da Igreja, segundo as normas do Vaticano. “Todos conhecemos as virtudes e a personalidade do Papa Roncalli (João XXIII) e não é necessário explicar as razões pelas quais alcança a glória dos altares”, afirmou Lombardi.

João Paulo II, cujo nome de nascimento era Karol Wojtyla, foi beatificado em 1º de maio de 2011, depois de provado um primeiro milagre com a assinatura do papa emérito Bento XVI. Trata-se da cura inexplicável da freira francesa Marie Simon Pierre, que padecia desde 2001 do Mal de Parkinson, a mesma doença que João Paulo II sofreu em seus últimos anos.

Segundo Lombardi, o segundo milagre de João Paulo II foi a cura milagrosa de uma mulher na Costa Rica. Por sua parte, João XXIII foi beatificado por João Paulo II em setembro de 2000, durante o Jubileu. O milagre aprovado por sua beatificação foi a cura da irmã Caterina Capitani, em 1966.

Segundo fontes religiosas, o Papa Francisco deseja proclamar os dois Papas santos em uma única cerimônia.

TOPO