Ford Ranger e Ecosport Set/2020
Copagril – Compras no Site
Geral

PM começa a operar radar móvel hoje em Rondon

Giuliano De Luca/OP

Humanizar o trânsito, reduzir o número de vítimas, traumas e diminuir os gastos com a saúde pública no atendimento a acidentados são alguns dos objetivos da implantação da fiscalização por radar móvel em Marechal Cândido Rondon.

A partir de hoje (24), quem estiver acima dos 60 quilômetros por hora – velocidade permitida na maioria das vias – vai ser notificado sobre sua infração. Nas primeiras semanas, a notificação não gera multa. Mas, em breve, o motorista apressado vai pagar multa que pode chegar a R$ 574,62 e ter a Carteira Nacional de Habilitação suspensa.

Casa do Eletricista – GENCO

Como Funciona

A entrega do radar móvel foi feita na manhã de ontem (23), em solenidade que contou com a participação de lideranças municipais e integrantes da Polícia Militar. Ainda ontem, os policiais militares já iniciaram o treinamento para operá-lo. A partir de hoje ele começa a ser usado. O motorista deve ficar atento às placas de trânsito que indicam a velocidade máxima permitida. 

Conforme a Polícia Militar, a tolerância é de até sete quilômetros por hora (Km/h) a mais do que o permitido. Se o motorista tiver a 67 Km/h em uma via que tem limite de 60 Km/h, ele não é multado. Depois disso, as multas são proporcionais à velocidade.

Se o motorista for flagrado com velocidade até 20% acima do permitido, a multa é de R$ 85,13 e quatro pontos na carteira (média); até 50% a mais do limite permitido, a punição é de R$ 127,69 e perda de cinco pontos na carteira. Superior a isso (90 km/hora no caso acima citado), a multa é de R$ 574,62 e o motorista perde o direito de dirigir com a suspensão da Carteira de Habilitação.

TOPO