Pref. MCR – OktoberFest MCR 2019
Geral

Prédio da antiga prefeitura poderá abrigar museu

Um dos pr eacute;dios mais antigos do munic iacute;pio de Marechal C acirc;ndido Rondon, a antiga prefeitura, poder aacute; abrigar, futuramente, o museu municipal. A possibilidade ser aacute; exposta pela Secretaria Municipal de Cultura por ocasi atilde;o de uma avalia ccedil; atilde;o que o governo local pretende fazer sobre o pr eacute;dio antigo, que atualmente abriga entidades como o Provopar, a Pastoral da Crian ccedil;a, o Sindicato dos Servidores P uacute;blicos Municipais de Marechal C acirc;ndido Rondon (Sinsemar) e Sindicato dos Aposentados.
Constru iacute;do inicialmente em madeira h aacute; pelo menos cerca de 50 anos, o im oacute;vel j aacute; abrigou o escrit oacute;rio da Colonizadora Marip aacute;, o Instituto Nacional de Previd ecirc;ncia Social (INPS) e a prefeitura municipal, entre 1960 e 1979.
Durante os seus longos anos de exist ecirc;ncia, recebeu amplia ccedil; otilde;es j aacute; em alvenaria. Hoje essa parte da estrutura sedia a Secretaria Municipal de Via ccedil; atilde;o e Servi ccedil;os P uacute;blicos, al eacute;m da Defesa Civil e Bombeiro Comunit aacute;rio.
De acordo com a secret aacute;ria de Cultura, Carmen Borzatto, est aacute; sendo cogitada a forma ccedil; atilde;o de uma comiss atilde;o municipal para discutir qual a melhor destina ccedil; atilde;o para o im oacute;vel. Segundo ela, apesar de ser visto como patrim ocirc;nio hist oacute;rico do munic iacute;pio e de ter sido criada uma lei, em 1985, para o tombamento do pr eacute;dio, n atilde;o existe esse registro no Instituto do Patrim ocirc;nio Hist oacute;rico e Art iacute;stico Nacional (Iphan).
Se o pr eacute;dio fosse realmente tombado, ele n atilde;o estaria sendo utilizado para a finalidade que est aacute; atualmente. Al eacute;m disso, em caso de homologa ccedil; atilde;o do tombamento, o patrim ocirc;nio poderia receber investimentos do Instituto, o que n atilde;o vem acontecendo. ldquo;O tombamento seria importante para a preserva ccedil; atilde;o do pr eacute;dio, suas caracter iacute;sticas originais, bem como poderia abrigar o museu municipal, que estamos estudando a possibilidade de criar, aproveitando a disponibilidade de material fotogr aacute;fico e objetos dos pioneiros rdquo;, exp otilde;e Carmen, acrescentando que esta deve ser a sugest atilde;o a ser apresentada pela Secretaria de Cultura ao prefeito Moacir Froehlich.
Por outro lado, a secret aacute;ria da Cultura ressalta que todas as secretarias envolvidas t ecirc;m preocupa ccedil; atilde;o com o im oacute;vel e devem participar da avalia ccedil; atilde;o sobre o assunto. ldquo;Queremos provocar a discuss atilde;o para vermos em conjunto o que eacute; o melhor rdquo;, afirma.
Para o estudo sobre o museu, a secret aacute;ria pretende aproveitar a presen ccedil;a de uma profissional da aacute;rea de patrim ocirc;nio cultural, que h aacute; cerca de dois meses presta servi ccedil;os ao munic iacute;pio. ldquo;Pretendemos voltar a trazer o museu, voltado para o tema da coloniza ccedil; atilde;o, diferente do que tem em Porto Mendes (Museu Padre Jos eacute; Gardner), onde eacute; contada a hist oacute;ria do porto rdquo;, explica.
Do ponto de vista dela, j aacute; existe a perspectiva de que uma pesquisa sobre elementos hist oacute;ricos em Marechal Rondon poder aacute; ter amplos resultados. ldquo;A partir de ent atilde;o poder aacute; ser avaliado se a prefeitura antiga eacute; o melhor lugar para sediar o museu, ou n atilde;o rdquo;, comenta.

Realoca ccedil; atilde;o
Uma eventual mudan ccedil;a na ocupa ccedil; atilde;o do pr eacute;dio antigo teria v aacute;rias implica ccedil; otilde;es, como, por exemplo, a necessidade de realoca ccedil; atilde;o dos oacute;rg atilde;os e entidades que hoje fazem uso daquele espa ccedil;o para atendimento ao p uacute;blico. ldquo;Por isso todas as secretarias precisam se reunir com o prefeito e discutir o que seria melhor, j aacute; que h aacute; uma s eacute;rie de quest otilde;es envolvidas rdquo;, refor ccedil;a Carmen.

Casa do Eletricista ESCAVAÇÕES

Mem oacute;ria
Ao longo dos anos, foram realizadas apenas manuten ccedil; otilde;es b aacute;sicas, especialmente na parte externa frontal. ldquo;Como n atilde;o foi feito o processo de tombamento, n atilde;o foi conseguida ajuda para uma recupera ccedil; atilde;o efetiva do pr eacute;dio, visando manter as suas caracter iacute;sticas espec iacute;ficas rdquo;, enfatiza Carmen.
Ela acredita que a discuss atilde;o sobre o assunto se torna ainda mais oportuna neste que eacute; o ano em que o munic iacute;pio rondonense comemora 50 anos de emancipa ccedil; atilde;o pol iacute;tico-administrativa. ldquo;Com o cinquent aacute;rio, o sentimento de valoriza ccedil; atilde;o do munic iacute;pio e preserva ccedil; atilde;o da mem oacute;ria ganha mais for ccedil;a rdquo;, salienta.

lt;galeria / gt;

TOPO