Copagril
Geral

Rede de esgoto vai ser inaugurada no 1º semestre

Diretor do Saae de Marechal Cândido Rondon, João Marcos Gomes: Temos água de excelente qualidade, mas o sistema é frágil. Foto: Arquivo/OP

Aacute;gua e esgoto v ecirc;m sendo uma das grandes preocupa ccedil; otilde;es em toda parte do planeta. H aacute; uma inquietude em rela ccedil; atilde;o agrave; possibilidade da falta de aacute;gua e tamb eacute;m com a qualidade que chega aos consumidores. O esgoto tamb eacute;m eacute; considerado um dos importantes fatores que podem estabelecer qualidade de vida e Iacute;ndice de Desenvolvimento Humano (IDH) agrave;s cidades. Em Marechal C acirc;ndido Rondon n atilde;o eacute; diferente, aacute;gua e esgoto s atilde;o dois grandes desafios do Poder P uacute;blico.
O Servi ccedil;o Aut ocirc;nomo de Aacute;gua e Esgoto (Saae) havia estabelecido para 2009 planejamento em que tinha como principais metas a interliga ccedil; atilde;o do Posto Ga uacute;cha 4 agrave; rede de abastecimento, a reforma da capta ccedil; atilde;o 1 e na caixa d rsquo; aacute;gua da capta ccedil; atilde;o 2 e a sequ ecirc;ncia das obras da rede de esgoto. O diretor da autarquia, Jo atilde;o Marcos Gomes, informa que a liga ccedil; atilde;o do Ga uacute;cha 4 foi poss iacute;vel concretizar, mas, devido agrave;s despesas extraordin aacute;rias ocasionadas pelo dano ambiental causado na Capta ccedil; atilde;o 3, n atilde;o foi poss iacute;vel dar sequ ecirc;ncia agrave;s duas outras obras.
Segundo ele, 2009 foi um ano de muito investimento e o destaque do ano foi o levantamento de perdas. At eacute; ent atilde;o, o Saae trabalhava com um percentual de at eacute; 35% de perdas. ldquo;T iacute;nhamos problema de falta de aacute;gua em per iacute;odos mais secos e quentes. Para resolver, foi montada uma equipe para descobrir se haviam vazamentos, e foram encontrados in uacute;meros. Resolvemos 70 a 80 problemas de grandes vazamentos e com isso conseguimos equilibrar o abastecimento de aacute;gua em Marechal Rondon rdquo;, comemora, citando que a troca de hidr ocirc;metros tamb eacute;m colaborou para chegar ao equil iacute;brio. nbsp;
A interliga ccedil; atilde;o do Po ccedil;o Ga uacute;cha 4 , cita Jo atilde;o Marcos, tamb eacute;m eacute; considerada uma grande conquista, j aacute; que produz em torno de 120m sup3; de aacute;gua por hora. ldquo;Extraordin aacute;rio para nossos padr otilde;es rdquo;, comemora.

Ponto cr iacute;tico
O ano tamb eacute;m foi marcado por um ponto considerado extremamente negativo pelo diretor do Saae, que foi a contamina ccedil; atilde;o da Capta ccedil; atilde;o 3 por um posto de combust iacute;veis. ldquo;Era uma das principais capta ccedil; otilde;es da cidade e era absorvida pela rede de maneira muito pr aacute;tica, descia via dreno, enchia a cisterna e era bombeada para a rede, al eacute;m de ter excelente qualidade e uma produ ccedil; atilde;o m eacute;dia de 50 m sup3; por hora. Por dez, 20, 30 anos e enquanto permanecer o posto nas proximidades, n atilde;o ser aacute; poss iacute;vel utilizar a capta ccedil; atilde;o rdquo;, lamenta o diretor.
Ele exp otilde;e que o preju iacute;zo ao munic iacute;pio eacute; enorme, com previs atilde;o de que cerca de 36 milh otilde;es de litros de aacute;gua por ano est atilde;o sendo perdidos por causa da contamina ccedil; atilde;o. ldquo;O epis oacute;dio vai ser uma marca negativa ainda por muitos anos no munic iacute;pio rdquo;, pondera.

Casa do Eletricista CÂMERAS

Esgoto
Uma grande expectativa do Saae para 2010 eacute; a inaugura ccedil; atilde;o da rede de esgoto da cidade. Jo atilde;o Marcos menciona que as obras do interceptor e emiss aacute;rio est atilde;o praticamente prontas, restando a concluir a aquisi ccedil; atilde;o da aacute;rea e constru ccedil; atilde;o de pelo menos uma das lagoas anaer oacute;bicas para, finalmente, inaugurar a rede de esgoto de Marechal Rondon. O projeto todo prev ecirc; tr ecirc;s lagoas anaer oacute;bicas e duas facultativas.
A inten ccedil; atilde;o, exp otilde;e o diretor, eacute; inaugurar a obra ainda no primeiro semestre. H aacute; um conv ecirc;nio do munic iacute;pio com a Funasa de aproximadamente R$ 800 mil, firmado em 2006, que prev ecirc; a compra da aacute;rea para implanta ccedil; atilde;o das lagoas. Contudo, menciona o dirigente da autarquia rondonense, na eacute;poca o custo da aacute;rea era de aproximadamente R$ 320 mil. Atualmente, o mesmo espa ccedil;o estaria avaliado em cerca de R$ 1 milh atilde;o. ldquo;Para n atilde;o ter que devolver esse dinheiro, e para que o munic iacute;pio continue adimplente junto agrave; Funasa, a obra precisa ser efetivada at eacute; o primeiro semestre de 2010. Eacute; uma etapa uacute;til, mas o projeto de implanta ccedil; atilde;o de rede de esgoto no munic iacute;pio deve continuar rdquo;, destaca.

Monitoramento
Uma das principais metas da atual gest atilde;o diretiva do Saae eacute; modernizar a autarquia. Para isso, j aacute; come ccedil;a a ser implantado na Linha Ga uacute;cha o sistema de monitoramento digital, atrav eacute;s do qual, de uma central ser aacute; poss iacute;vel acompanhar o desempenho dos po ccedil;os e capta ccedil; otilde;es, ligar e desligar equipamentos, verificar vaz atilde;o, produ ccedil; atilde;o e uma s eacute;rie de outros detalhes, tudo por transmiss atilde;o on-line via r aacute;dio. ldquo;O Ga uacute;cha e o Rainha s atilde;o os dois principais sistemas do Saae e ambos devem ser contemplados com o monitoramento at eacute; o final de 2010 rdquo;, anuncia Jo atilde;o Marcos. Cada um dos sistemas produz aproximadamente 200 m sup3; de aacute;gua por hora, o que corresponde a quase 80% da produ ccedil; atilde;o rondonense. Com a reforma da Caixa D rsquo; Aacute;gua 2 em 2010, tamb eacute;m j aacute; deve ser implantado o monitoramento.
O monitoramento deve gerar economia ao Saae, explica o diretor, tendo em vista que n atilde;o ser aacute; mais necess aacute;rio aos profissionais do Saae estarem constantemente circulando e indo pessoalmente aos pontos para verificar determinadas situa ccedil; otilde;es. ldquo;Ao contr aacute;rio de outros munic iacute;pios, Marechal C acirc;ndido Rondon n atilde;o tem uma central de capta ccedil; atilde;o e tratamento. Temos cinco regi otilde;es diferentes para distribui ccedil; atilde;o de aacute;gua e, dessa forma, o trabalho eacute; diferenciado. O monitoramento vai facilitar a tarefa, e com qualidade rdquo;, explica. O monitoramento visa, ainda, dar mais precis atilde;o aos levantamentos de produ ccedil; atilde;o e consumo de aacute;gua no munic iacute;pio.

Mais aacute;gua
Na regi atilde;o mais pr oacute;xima a Marechal Rondon h aacute; poucos pontos que podem ser perfurados po ccedil;os com produ ccedil; atilde;o qualitativa e quantitativa. S oacute; neste ano, o Saae perfurou dois que foram avaliados como invi aacute;veis para interliga ccedil; atilde;o ao sistema de aacute;gua rondonense. Contudo, existem cinco po ccedil;os perfurados na Bacia do Arroio Fundo, todos com produ ccedil; atilde;o excelente. Juntos t ecirc;m capacidade de produzir 300 m sup3;/hora para a cidade. O problema para trazer essa aacute;gua para a cidade eacute; que s atilde;o necess aacute;rios grandes investimentos, como recalques e redes adutoras. O projeto custaria em torno de R$ 2,5 milh otilde;es. ldquo;Esse projeto eacute; algo que estamos tentando viabilizar para os pr oacute;ximos anos rdquo;, garante Jo atilde;o Marcos.
Por outro lado, apesar de aguardar ansiosamente a inaugura ccedil; atilde;o da rede de esgoto, a administra ccedil; atilde;o do Saae j aacute; est aacute; de olho em um poss iacute;vel problema. A rede vai terminar com as infiltra ccedil; otilde;es para abastecer o len ccedil;ol fre aacute;tico, que hoje acontecem atrav eacute;s das fossas, o que reduziria o volume de aacute;gua que chegam agrave;s capta ccedil; otilde;es. ldquo;Ent atilde;o a aacute;gua do Arroio Fundo viria praticamente compensar as perdas a partir da rede de esgoto. Tamb eacute;m eacute; por isso que o Plano Diretor prev ecirc; a preserva ccedil; atilde;o da bacia do Arroio Fundo, porque eacute; poss iacute;vel que no futuro tenhamos que buscar aacute;gua do pr oacute;prio rio rdquo;, alerta.

Conscientiza ccedil; atilde;o
Tamb eacute;m faz parte dos planos do Saae para 2010 iniciar imediatamente a reforma da Caixa D rsquo; Aacute;gua 2 nbsp; e todo o sistema de abastecimento que est aacute; localizado junto ao parque de exposi ccedil; otilde;es, al eacute;m da reforma da Capta ccedil; atilde;o 1, o que daria tranquilidade ao abastecimento. ldquo;Temos aacute;gua de excelente qualidade, mas o sistema eacute; fr aacute;gil. Marechal C acirc;ndido Rondon consome toda aacute;gua que produz rdquo;, pontua.
Outra meta do Saae para 2010 eacute; intensificar o trabalho de conscientiza ccedil; atilde;o da comunidade sobre a utiliza ccedil; atilde;o racional da aacute;gua. ldquo; Eacute; preciso ter mais consci ecirc;ncia, porque ainda existe muita gente que usa aacute;gua pot aacute;vel para lavar cal ccedil;ada, carro, molhar as plantas, etc rdquo;, reclama. Dessa forma, o Servi ccedil;o pretende fazer campanhas constantes de conscientiza ccedil; atilde;o da popula ccedil; atilde;o. ldquo;O objetivo do Saae n atilde;o eacute; vender mais aacute;gua. O objetivo eacute; fazer com que n atilde;o s oacute; a atual popula ccedil; atilde;o receba aacute;gua de qualidade, mas que as futuras gera ccedil; otilde;es tamb eacute;m rdquo;, conclui.

TOPO