Brincando na Praça 2019
Geral

Restaurantes rondonenses adaptam cardápio para Sexta-feira Santa

Para atender um p uacute;blico que tem o costume de consumir peixe na Sexta-feira Santa, durante a Semana Santa ou ainda no decorrer da Quaresma, estabelecimentos do ramo de alimentos fazem adapta ccedil; otilde;es ao card aacute;pio, incluindo a referida carne. Segundo empres aacute;rios do ramo de restaurante e churrascaria de Marechal C acirc;ndido Rondon, em geral, eacute; pouco percept iacute;vel altera ccedil; atilde;o no comportamento do p uacute;blico quanto agrave; ingest atilde;o de carne vermelha. Mesmo assim, eacute; preciso estar preparado para atender uma parcela do p uacute;blico que prefere o peixe.
Conforme o gerente do Restaurante Del iacute;cia Caseira, Cl aacute;udio Much (Ney), por tradi ccedil; atilde;o pr oacute;pria, hoje o estabelecimento oferecer aacute; um card aacute;pio especial exclusivamente agrave; base de peixe. ldquo;Tamb eacute;m teremos pratos sem peixe, por eacute;m n atilde;o disponibilizaremos outros tipos de carne, por uma quest atilde;o de tradi ccedil; atilde;o da Sexta-feira Santa rdquo;, ressalta.
Por outro lado, o almo ccedil;o de hoje ter aacute; uma grande variedade de peixes nobres, tais como dourado, pintado, pirarara, salm atilde;o, mexilh atilde;o, dentre outros, incluindo o servido na telha e a moqueca. Saladas, lasanha e outros acompanhamentos quentes tamb eacute;m integram o card aacute;pio do dia.
Mesmo sendo um per iacute;odo de conten ccedil; atilde;o, Ney menciona que a Quaresma n atilde;o influencia no fluxo de p uacute;blico do seu restaurante. ldquo;A maioria das pessoas continua consumindo carne (vermelha), mas h aacute; quem troque por peixe, por isso inclu iacute;mos no card aacute;pio diariamente rdquo;, ressalta. A partir de s aacute;bado e no domingo o card aacute;pio volta ao normal.

Churrasco
At eacute; mesmo em churrascarias n atilde;o eacute; notada diferen ccedil;a de p uacute;blico no decorrer da Quaresma ou Semana Santa. A informa ccedil; atilde;o eacute; do propriet aacute;rio da Churrascaria Trov atilde;o, Eduardo
Berndt, segundo o qual, durante a semana o movimento no local depende do fluxo na rodovia. ldquo;O feriad atilde;o eacute; bom para n oacute;s, considerando que h aacute; um movimento maior de pessoas se deslocando para viajar, o que provoca um aumento do p uacute;blico rdquo;, menciona.

Casa do Eletricista ESCAVAÇÕES

A partir do que tem observado, o empres aacute;rio interpreta que a abstin ecirc;ncia de carne na Semana Santa caiu em descostume. ldquo;As pessoas que procuram uma churrascaria eacute; porque j aacute; fazem, antecipadamente, a op ccedil; atilde;o de comer carne (vermelha). Mesmo assim, inclu iacute;mos no card aacute;pio pratos agrave; base de peixe para o caso de algu eacute;m da fam iacute;lia ter essa prefer ecirc;ncia. Existe aceita ccedil; atilde;o, mas a maioria escolhe a carne rdquo;, admite.
De acordo com Eduardo, hoje a churrascaria n atilde;o ter aacute; atendimento em raz atilde;o de preservar a data. ldquo;Acreditamos que eacute; um momento de estar mais reservado, em casa, com a fam iacute;lia rdquo;, justifica.

Um pouco
Pessoas mais antigas, por eacute;m, ainda procuram manter um certo distanciamento da carne vermelha na quarentena. A constata ccedil; atilde;o eacute; do propriet aacute;rio da Churrascaria Tr ecirc;s Passos, Ademar Antonio Beal (Bica). ldquo; Eacute; pouca diferen ccedil;a, mas cai em torno de 15% o movimento nesse per iacute;odo. Os mais antigos preservam, enquanto os jovens n atilde;o t ecirc;m mais tanto a tradi ccedil; atilde;o rdquo;, comenta.
Ensopados, moquecas, peixe assado e outros s atilde;o adicionados ao card aacute;pio. J aacute; a partir de s aacute;bado o rod iacute;zio de carnes volta a predominar.

Aacute;gua doce
Como eacute; de costume em outras eacute;pocas do ano, a carne de peixe predomina como base de pratos no almo ccedil;o oferecido no Pesque e Pague do Alli. Segundo o gerente Eduardo Weimann, um almo ccedil;o especial est aacute; sendo preparado para hoje, contando com peixe agrave; parmegiana, lasanha, moqueca al eacute;m dos fritos dourado, carpa, pacu e outros. ldquo;Nossa expectativa eacute; servir aproximadamente 150 almo ccedil;os rdquo;, cita.
A pesca nos a ccedil;udes e a piscina estar atilde;o liberadas somente amanh atilde;, em hor aacute;rio normal de funcionamento (08 agrave;s 22 horas), al eacute;m da estrutura do bosque e chal eacute;s. No domingo a estrutura volta a fechar, oferecendo somente almo ccedil;o.

Pesca
A pesca estar aacute; liberada todos os dias nos a ccedil;udes do Pesque e Pague Petri, localizado na Linha Campos Sales, distrito de Margarida. Conforme o gerente Adair Jeferson Kathak, o p uacute;blico ter aacute; op ccedil; atilde;o de pescar, solicitar a limpeza e o preparo. ldquo;Podemos fritar na hora o peixe pescado. O cliente ainda tem a op ccedil; atilde;o de preparar como quiser no local, que tem churrasqueiras. Tamb eacute;m servimos por ccedil; otilde;es de peixe e acompanhamentos rdquo;, diz.
O local ficar aacute; aberto no feriad atilde;o sempre das 09 agrave; meia-noite e n atilde;o h aacute; cobran ccedil;a de ingresso. ldquo;Cerca de 100 pessoas fizeram reserva para a sexta-feira. Nossa expectativa eacute; de que at eacute; domingo em torno de 500 pessoas passem por aqui rdquo;, adianta Adair.

lt;galeria / gt;

TOPO