Ford Ranger e Ecosport Set/2020
Copagril – Compras no Site
Geral

Richa libera R$ 487 mil para famílias atingidas pelas chuvas

O governador Beto Richa assinou nesta quarta-feira (3) a liberação de R$ 487 mil para aquisição de cestas básicas para as vítimas de enchentes. O recurso irá atender as necessidades da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil para o atendimento às famílias. 

“A medida reforça e amplia ainda mais o apoio que o Governo do Estado dá aos municípios e às pessoas atingidas pelas enchentes e inundações, desde o início dos eventos”, afirmou Beto Richa. Até o momento, o Governo do Estado já atendeu 2.150 famílias, em 24 municípios das regiões Noroeste, Sul e Centro-Oeste do Estado. Nesta quarta e quinta-feira seguem mais caminhões, com donativos para mais 780 famílias, em seis municípios. 

Casa do Eletricista – GENCO

São enviadas cestas básicas, cobertores, kits de cozinha, cama, mesa e banho e colchões, repassados pela Secretaria Estadual da Família e Desenvolvimento Social, Coordenadoria Estadual da Defesa Civil e Provopar. “O Estado está atento e vigilante, pois as pessoas nesta situação não podem esperar”, afirmou o governador. Richa esteve pessoalmente na região Noroeste, quinta e sexta-feira da semana passada (dias 27 e 28), período mais crítico das chuvas.

Ele sobrevoou todo o entorno de Paranavaí, atingido pela cheia do Ivaí, esteve nos municípios em situação mais grave e assinou decreto estabelecendo situação de emergência para 59 municípios. O boletim da Defesa Civil divulgado às 8 horas desta quarta-feira, mostra que 136,7 mil pessoas foram afetadas pelas chuvas no Paraná, em 103 municípios. A maioria deles atingida pelas cheias dos rios Ivaí (Noroeste) e Iguaçu (Sul). 

Neste momento, a situação está estável, com os rios voltando aos níveis normais. No Estado são 1.200 pessoas desalojadas (saíram de casa e estão em casa de parentes ou amigos) e cerca de 780 desabrigadas (estão em espaços públicos ou comunitários). Na semana passada, o número de desalojados era de 1.600 e os de desabrigados 1.100 pessoas.

TOPO