Ecoville – Maior rede de limpeza
Geral

Seleção vence, mas torcedores queriam mais gols

As ruas do Brasil estiveram coloridas de verde e amarelo no final da tarde de ontem (15), ap oacute;s a vit oacute;ria do Brasil por 2 a 1 sobre a Coreia do Norte pela Copa do Mundo. Foi a estreia da Sele ccedil; atilde;o Brasileira e o que se p ocirc;de perceber eacute; que os brasileiros queriam mais gols da sele ccedil; atilde;o, embora tenham se contentado com a vit oacute;ria.
Em Marechal Rondon, ap oacute;s o encerramento da partida, os torcedores que estavam reunidos em bares, lanchonetes, empresas e resid ecirc;ncias foram para as ruas comemorar a apresenta ccedil; atilde;o da sele ccedil; atilde;o canarinho. O pr oacute;ximo jogo da sele ccedil; atilde;o eacute; no domingo (20), quando o time do t eacute;cnico Dunga encara a Costa do Marfim, agrave;s 15h30.
Na segunda-feira (21), a Coreia do Norte tenta evitar sua segunda derrota seguida na Copa, enfrentando Portugal agrave;s 08h30 (de Bras iacute;lia).

Jogo
Durante 55 minutos, o Brasil deu a impress atilde;o de que seria atingido pela seca de gols nesta Copa do Mundo. Teve uma atua ccedil; atilde;o burocr aacute;tica no primeiro tempo e adotou outra postura ap oacute;s o intervalo, afastando o assustador 0 a 0 e conseguindo dois belos gols. Um descuido defensivo no fim da partida, no entanto, determinou o placar de 2 a 1 sobre a Coreia do Norte, mantendo a tradi ccedil; atilde;o de vit oacute;rias apertadas em estreias. Desde 1982, o Brasil tem 100% de aproveitamento em suas participa ccedil; otilde;es iniciais, mas quase sempre por um gol de diferen ccedil;a – a exce ccedil; atilde;o foi em 1994. O resultado faz a sele ccedil; atilde;o pular para a lideran ccedil;a do Grupo G, superando Costa do Marfim e Portugal, que empataram por 0 a 0. Os dois gols brasileiros nasceram em passes milim eacute;tricos e terminaram em conclus otilde;es precisas. Maicon, eleito o melhor do jogo pela Fifa, abriu o placar e se tornou o primeiro lateral-direito da sele ccedil; atilde;o a marcar em uma Copa desde Josimar, em 1986. E Elano fez o segundo.

Casa do eletricista TRATAM. E ACESS.

lt;galeria / gt;

TOPO