Ecoville – Maior rede de limpeza
Geral

Sinal da TV Digital já está disponível na área rural

Desde que instalou a TV Digital Rural em casa, no interior de Mercedes, h aacute; poucos dias, o casal Ilario e Carmen Koch est aacute; feliz da vida. Eles logo perceberam como a imagem eacute; mais n iacute;tida e sem chuviscos, e revelam: quase n atilde;o d aacute; vontade de parar de assistir televis atilde;o. ldquo; Eacute; muita diferen ccedil;a e assistir aos jogos da Copa do Mundo ficou muito melhor rdquo;, afirma Carmen.
O empres aacute;rio rondonense Nilton Leonhardt, da Casa Leonhardt, menciona que pela primeira vez quem mora no interior tem a oportunidade de ter algo que na cidade ainda vai levar alguns anos para estar dispon iacute;vel. Ele explica que quando o governo anunciou a cria ccedil; atilde;o da TV digital no Brasil, o principal objetivo era transmitir imagens em alta defini ccedil; atilde;o e um n uacute;mero maior de canais no mesmo espa ccedil;o de frequ ecirc;ncia. ldquo;A vantagem eacute; que enquanto em uma mesma faixa do sat eacute;lite eacute; poss iacute;vel transmitir apenas um canal no sistema anal oacute;gico, no digital permite 20 ou mais rdquo;, comenta.
Aliado a isso, surgiu a tecnologia em alta defini ccedil; atilde;o, que reproduz uma imagem perfeita e sem chuviscos. ldquo;Quando se fala em digital, as pessoas logo imaginam que eacute; aquela imagem perfeita. Existe h aacute; alguns anos canais digitais via sat eacute;lite que n atilde;o necessariamente s atilde;o em alta defini ccedil; atilde;o e convivem com a programa ccedil; atilde;o normal anal oacute;gica rdquo;, afirma.
No entanto, recentemente, come ccedil;aram as transmiss otilde;es em alta defini ccedil; atilde;o, para as quais as TV rsquo;s novas de LCD t ecirc;m capacidade para absorver este sinal. ldquo;O aparelho de TV Digital Rural eacute; a possibilidade das pessoas assistirem a TV Globo j aacute; em alta defini ccedil; atilde;o por transmiss atilde;o digital, pois n atilde;o seria poss iacute;vel se o aparelho fosse anal oacute;gico rdquo;, salienta. nbsp;

Receptor
Segundo o empres aacute;rio, foi desenvolvido um receptor de alta defini ccedil; atilde;o que pode ser instalado na antena parab oacute;lica normal, no lugar do receptor tradicional. Eacute; poss iacute;vel ainda continuar utilizando os dois aparelhos (anal oacute;gico e digital). ldquo;Por eacute;m, a alta defini ccedil; atilde;o pega apenas no interior. O receptor eacute; composto por um GPS, que identifica exatamente onde o aparelho est aacute; instalado e, dependendo do local, funciona ou n atilde;o a TV Globo em alta defini ccedil; atilde;o rdquo;, declara.
Por isso, quem mora na aacute;rea rural tem a possibilidade de receber a frequ ecirc;ncia em alta defini ccedil; atilde;o. ldquo;Quem mora na cidade vai ter que esperar at eacute; que a emissora local, no caso de Marechal C acirc;ndido Rondon a RPC Oeste, que eacute; de Cascavel, instale um repetidor. A iacute; eacute; preciso instalar uma antena de UHF para ter o mesmo sinal digital de alta defini ccedil; atilde;o, mas n atilde;o via sat eacute;lite, e sim via terrestre rdquo;, detalha.

Casa do eletricista TRATAM. E ACESS.

O que eacute; preciso ter
A princ iacute;pio, qualquer aparelho de televis atilde;o serve para assistir a Globo em alta defini ccedil; atilde;o. Por eacute;m, diz Nilton, n atilde;o eacute; recomendado adquirir o receptor para quem n atilde;o tem televis atilde;o de LCD ou de plasma, pois seria um investimento desnecess aacute;rio. ldquo;O aparelho da TV Digital Rural custa R$ 599 e o anal oacute;gico cerca de R$ 140. O realismo das cores s oacute; se consegue com uma televis atilde;o de LCD ou plasma rdquo;, informa.
Segundo o rondonense, o pre ccedil;o do receptor digital eacute; mais elevado do que o tradicional em raz atilde;o da alta tecnologia, incluindo um GPS. ldquo; Eacute; uma tecnologia sensivelmente mais cara do que comparado com um aparelho anal oacute;gico. D aacute; para ter certeza que n atilde;o custar aacute; t atilde;o barato quanto um aparelho anal oacute;gico, mas podemos imaginar que com o passar do tempo estes aparelhos ter atilde;o um custo reduzido rdquo;, aponta.

Canais
Conforme o empres aacute;rio, algumas pessoas n atilde;o entendem porque o aparelho digital sintoniza menos canais do que o anal oacute;gico. Nilton diz que isso ocorre porque s atilde;o tecnologias distintas. ldquo;O anal oacute;gico tem em torno de 30 canais, enquanto que o digital 20. S atilde;o transmiss otilde;es diferentes, em frequ ecirc;ncias diferentes. A tend ecirc;ncia eacute; que com o tempo haja mais canais em alta defini ccedil; atilde;o, at eacute; que por volta de 2018 o sistema anal oacute;gico seja desligado rdquo;, conclui.

lt;galeria / gt;

TOPO