Ford Show Rural
Ecoville – Maior rede de limpeza
Geral

Sistema público oferece mais uma vacina gratuitamente

OMinist eacute;rio da Sa uacute;de, por meio do Programa Nacional de Imuniza ccedil; otilde;es, incluiu no calend aacute;rio b aacute;sico de vacina ccedil; atilde;o da crian ccedil;a a vacina pneumoc oacute;cica 10-valente (conjugada), que protege as crian ccedil;as contra doen ccedil;as invasivas (pneumonias bacter ecirc;micas, meningite, sepse e artrite) e n atilde;o-invasivas (sinusite, otite m eacute;dia aguda, conjuntivite, bronquite e pneumonia). Em Marechal C acirc;ndido Rondon, a vacina j aacute; est aacute; dispon iacute;vel gratuitamente na Unidade de Sa uacute;de 24 Horas desde esta semana e nos demais postos de sa uacute;de estar aacute; dispon iacute;vel a partir de segunda-feira (05).
Neste primeiro ano de implanta ccedil; atilde;o, a vacina ccedil; atilde;o ter aacute; um esquema especial e ser aacute; destinada agrave;s crian ccedil;as menores de dois anos, a partir dos dois meses de idade. A partir do segundo ano a vacina passa a incorporar a rotina dos servi ccedil;os para crian ccedil;as na faixa et aacute;ria entre dois
e seis meses de idade.
ldquo;Conforme dados do Minist eacute;rio da Sa uacute;de, o pneumococo vem se apresentando como principal causador de infec ccedil; otilde;es em neonatos e em crian ccedil;as at eacute; dois anos de idade, sendo tamb eacute;m respons aacute;vel por 45% das pneumonias adquiridas na comunidade. Eacute; tamb eacute;m respons aacute;vel por pneumonias, otites, sinusites, meningites e bacteremias na inf acirc;ncia; respondendo por 27% dos casos de pneumonia em crian ccedil;as nos pa iacute;ses em desenvolvimento e por 70% dos casos de doen ccedil;as invasivas em menores de dois anos de idade rdquo;, revela a chefe da Unidade de Sa uacute;de, Rosane Ost, segundo a qual a vacina deve ser administrada por inje ccedil; atilde;o intramuscular, de prefer ecirc;ncia na lateral da coxa da crian ccedil;a.

Esquema de vacina ccedil; atilde;o
Com a finalidade de atingir um grupo et aacute;rio maior, o Programa Nacional de Imuniza ccedil; otilde;es adotar aacute; quatro esquemas diferenciados conforme a faixa et aacute;ria de in iacute;cio do esquema de vacina ccedil; atilde;o. Para crian ccedil;as de dois a seis meses de idade, a primeira dose iniciar aacute; a partir de dois meses. O esquema de vacina ccedil; atilde;o prim aacute;ria consiste em tr ecirc;s doses, com intervalo de dois meses entre as doses. Uma dose de refor ccedil;o eacute; recomendada pelo menos seis meses ap oacute;s a uacute;ltima dose do esquema prim aacute;rio, sendo este preferencialmente entre os 12 e 15 meses de idade.
ldquo;Em crian ccedil;as de sete a 11 meses de idade, o esquema de vacina ccedil; atilde;o consiste em duas doses com intervalo de pelo menos um m ecirc;s entre as doses. O refor ccedil;o eacute; recomendado no segundo ano de vida, com intervalo de pelo menos dois meses. Preferencialmente entre 12 a 15 meses de idade rdquo;, explica Rosane.
Em crian ccedil;as maiores de 12 meses e menores de 24 meses, ser aacute; aplicada uma dose uacute;nica, sem necessidade de refor ccedil;o.

Casa do eletricista MINIESCAVADEIRA

Contraindica ccedil; otilde;es
Assim como outras vacinas, a administra ccedil; atilde;o da vacina deve ser adiada em crian ccedil;as que estejam sofrendo de doen ccedil;a febril aguda grave. No entanto, a presen ccedil;a de uma infec ccedil; atilde;o de menor gravidade, como um resfriado, n atilde;o constitui impedimento agrave; vacina ccedil; atilde;o. ldquo;A vacina n atilde;o se destina ao uso em adultos e idosos rdquo;, informa a chefe da Unidade de Sa uacute;de.

lt;galeria / gt;

TOPO