Pref. Marechal NATAL 2020
Pref. Pato Bragado COVID
Marechal

Restaurante vai entrar em funcionamento na próxima temporada

Ademir Herrmann

Ordem de serviço para as obras de adequação do Restaurante Panorâmica foi assinada ontem (10) pelo prefeito Moacir Froehlich

Ordem de serviço assinada ontem (10), na Prefeitura de Marechal Cândido Rondon, garantirá o início do funcionamento do Restaurante Panorâmico, construído no Parque de Lazer Annita Wanderer, localizado no distrito de Porto Mendes.

A edificação, que possui 170 metros quadrados, foi iniciada em 2011. Porém, a empreiteira vencedora do processo licitatório não realizou as adequações necessárias para que a obra fosse definitivamente concluída e pudesse ser utilizada. Houve vários impasses na Justiça para que a empresa finalizasse os trabalhos, mas não houve sucesso.

Casa do Eletricista – NÃO PAGUE AR

Após longo período em que se buscou uma solução para o problema, ontem foi assinada a ordem de serviço para o início da execução de fechamento da varanda e adequações de prevenção contra incêndio no local.

A empresa vencedora do processo licitatório é a Ecovisionária Serviços de Engenharia Ltda. A prefeitura, com recursos próprios, irá investir quase R$ 77 mil nesta obra. Estiveram presentes no ato o prefeito Moacir Froehlich, vice-prefeito Silvestre Cottica, secretário de Indústria, Comércio e Turismo, Guido Herpich, e responsável pela empresa vencedora do processo licitatório.

De acordo com o secretário rondonense, a empresa terá prazo de 60 dias para executar os trabalhos. Ele garante que até o início da próxima temporada o restaurante entrará em funcionamento. Após mais de dois anos buscando maneiras para que a empresa que realizou a obra concluísse os trabalhos de adequação, não sendo possível, o Poder Público municipal irá resolver a questão. A ordem de serviço assinada nesta terça-feira garantirá que o espaço seja adequado às normas exigentes, inclusive do Corpo de Bombeiros, e assim o restaurante entrará em funcionamento na próxima temporada. Não iniciamos os trabalhos antes devido à temporada de verão, pois as obras geram um certo transtorno. Em 60 dias os trabalhos deverão estar concluídos, apontou Herpich.

O chefe da pasta destacou que muitas pessoas questionam a localização da obra. Ele lembrou que o projeto foi elaborado em administração anterior e não poderia ser alterado. O local já estava definido, bem como os recursos, que vieram especificamente para este fim. Caso esta obra não fosse realizada, o município perderia os recursos. Após concluído e em funcionamento, será um espaço agradável, bonito, que irá atrair pessoas para Porto Mendes. Irá beneficiar toda a população de Porto Mendes e os veranistas que frequentam o parque, enaltece.

TOPO