Copagril
Marechal

Secretária de Assistência Social enaltece importância dos projetos da Unioeste

Divulgação

A Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), divulgou recentemente dois editais para projetos referente ao Programa Universidade Aberta à Terceira Idade (Unati), que tem por principal objetivo reinserir essas pessoas em atividades de ensino, pesquisa e extensão na própria universidade. Ambos os projetos tem como pré-requisito serem destinados para pessoas com idade igual ou superior a 60 anos.

Um dos projetos é destinado para pessoas que já tenham concluído o ensino médio. Para este curso cada discente terá direito a cursar na graduação no máximo a quatro disciplinas anuais, o equivalente a 544 horas. Ao final, quem tiver frequência minima de 75%, receberá certificado constando a carga-horária, nome e ementa de cada disciplina. As inscrições podem ser feitas na Unioeste, até o dia 09 de fevereiro.

Casa do Eletricista LORENZETTI

Outro projeto é o Curso Humanidades para o Envelhecimento Saudável, destinado para pessoas com qualquer escolaridade. Para este projeto o aluno poderá candidatar-se a, no mínimo, três matérias. A carga horária é de 1000 horas, também com direito a certificados. As inscrições estão abertas até o dia 24 de fevereiro.

O diretor-geral do Campus da Unioeste, Paulo Koling, destaca a importância do apoio do poder público nestes projetos. Os municípios trabalham diretamente com o público da Terceira Idade, através de políticas e programas. Por isso este apoio é muito importante. A Unioeste está abrindo suas portas para receber a experiência das pessoas de maior idade, e gerando melhor qualidade de vida para este público, apontou.

O coordenador do Programa Universidade Aberta à Terceira Idade, Alberto Madureira, menciona que todos devem ficar atentos quanto aos prazos. As inscrições para quem já tem o ensino médio vão até o dia 09. E para aqueles que não possuem o ensino médio concluído, as inscrições seguem até o dia 24. Maiores informações podem ser obtidas na Unioeste.

O poder público municipal rondonense vê o projeto com bons olhos e apoia a iniciativa. A Secretária de Assistência Social, Maria Cleonice, menciona que os cursos vêm de encontro de uma demanda existente no município. Trazer projetos que atendam ao público da Terceira Idade é uma das propostas do poder público. A Unioeste, portanto, vem de encontro a esta proposta, através da Unati. Quero reforçar para que todas as pessoas de 60 anos ou mais, façam suas inscrições. É uma oportunidade única de participar de atividades junto a Universidade, ressaltou.

TOPO