Municípios Doenças sexualmente transmissíveis

20ª Regional de Saúde registrou oito casos de sífilis congênita em 2019

(Foto: Divulgação)

Uma doença que tem causado grande preocupação em virtude dos números de casos, não somente em gestantes e recém nascidos, mas na população em geral. A sífilis é uma das doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) que mais tem avançado no Brasil. Ela preocupa as autoridades por ser de fácil propagação e pelo aumento de contaminação nos últimos anos.

A principal forma de transmissão é pelas relações sexuais desprotegidas, ou seja, sem o uso de preservativo. A doença é considerada uma infecção sistêmica crônica e pode ser transmitida via sexual e da mãe para o bebê.

Casa do Eletricista – NÃO PAGUE AR

 

ACOMPANHAMENTO

Na 20ª Regional de Saúde, em 2019, foram oito casos de sífilis congênita confirmados. A chefe da Divisão de Atenção à Saúde da Regional Nissandra Karsten conta que um dos desafios nessa área é conscientizar as gestantes a realizar o pré-natal iniciando a rotina, preferencialmente, até a 12ª semana de gestação. “É importante fazer as consultas e exames mensais da gestação e, nos casos com exames positivos, fazer o tratamento e monitoramento”.

Ela enfatiza que o tratamento do parceiro também é muito importante para evitar que a gestante recontamine-se. Em casos de gestante não tratada ou não tratada adequadamente, Nissandra explica que o bebê fica submetido a vários riscos de problemas e má formações e precisa ser acompanhado pelos serviços de saúde através de consultas e exames, por pelo menos 18 meses.

“É importante estimular o pré-natal do parceiro também e realizar a testagem das pessoas em geral que tiveram relação sexual sem uso de preservativo. Esses testes rápidos são oferecidos em todas as Unidades Básicas de Saúde”.

 

SINTOMAS

A doença pode se apresentar de várias formas clínicas e é classificada em diferentes estágios: primária, secundária, latente e terciária. “Muitas vezes a fase inicial passa desapercebida. Nota-se uma certa despreocupação com a sífilis, uma banalização com uma falsa impressão de que a ela não é grave”, enfatiza.

A sífilis primária se manifesta através de uma ferida, geralmente única, no local de entrada da bactéria que aparece entre dez e 90 dias após o contágio. Essa lesão é rica em bactérias.

Normalmente não dói, não coça, não arde e não tem pus, podendo estar acompanhada de ínguas na virilha. Essa ferida desaparece sozinha, independentemente de tratamento.

Já a sífilis secundária apresenta sinais e sintomas entre seis semanas e seis meses do aparecimento e cicatrização da ferida inicial. Podem ocorrer manchas no corpo, que geralmente não coçam, incluindo palmas das mãos e plantas dos pés. Essas lesões são ricas em bactérias. Também pode ocorrer febre, mal-estar, dor de cabeça, ínguas pelo corpo.

A sífilis latente – fase assintomática – não apresenta sinais ou sintomas. Essa fase é dividida em sífilis latente recente com menos de dois anos de infecção, e sífilis latente tardia, com mais de dois anos de infecção. A duração é variável, podendo ser interrompida pelo surgimento de sinais e sintomas da forma secundária ou terciária.

E, por fim, a sífilis terciária pode surgir de dois a 40 anos após o início da infecção. Costuma apresentar sinais e sintomas, principalmente lesões cutâneas, ósseas, cardiovasculares e neurológicas, podendo levar à morte.

 

Com Jornal do Oeste

 

Clique aqui e participe do nosso grupo no WhatsApp

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato por e-mail.

Rua Minas Gerais, 633 - Centro
Marechal Cândido Rondon - PR
(45) 3254-1842


03/05/2020

Das 23h do dia 3
às 07h do dia 4


Farmácia Rondon
Rua 7 de Setembro, nº 855


03/06/2020

Das 23h do dia 3
às 07h do dia 4


Farmácia Farmamed
Rua Rio de Janeiro, nº 128


03/07/2020

Das 23h do dia 3
às 07h do dia 4


Farmácia Filadélfia
Avenida Írio Jacob Welp, nº 3455, Jardim Primavera


03/08/2020

Das 23h do dia 3
às 07h do dia 4


Farmácia Filadélfia
Rua 7 de Setembro, nº 813


03/09/2020

Das 23h do dia 3
às 07h do dia 4


Farmácia Preço Baixo
Avenida Rio Grande do Sul, nº 674


03/10/2020

Das 23h do dia 3
às 07h do dia 4


Farmácia Saúde
Avenida Rio Grande do Sul, nº 2800


03/11/2020

Das 23h do dia 3
às 07h do dia 4


Farmácia Filadélfia
Avenida Írio Jacob Welp, nº 2277, próxima à UPA


03/12/2020

Das 23h do dia 3
às 07h do dia 4


Farmácia Santa Bárbara
Avenida Maripá, nº 2343
TOPO