Municípios HOSPITAL UNIVERSITÁRIO

Crianças internadas recebem bonecos produzidos por presos

Foto: Divulgação/ Depen

Crianças internadas na ala pediátrica do Hospital Universitário Oeste do Paraná (Huop), em Cascavel, tiveram um dia diferente nesta quinta-feira (24). Elas foram presenteadas com 60 bonecos coloridos de tecido e 60, rosas do mesmo material, produzidos por presos da Penitenciária Industrial do município, com o apoio do Conselho da Comunidade. Mulheres que estão em tratamento para combater o câncer de mama receberam 30 almofadas em formato de coração.

Os bonecos com desenhos infantis, mais conhecidos pelas crianças como naninhas, e as almofadas em formato de coração são um dos resultados do projeto que tem o objetivo de promover a ressocialização, valorizar a arte, propiciar a remição de pena e melhorar autoestima dos detentos, que são motivados a fazer trabalhos artesanais e artísticos.

Casa do Eletricista – RETOMA

O coordenador regional do Depen, Thiago Correia, explica que, após entregar as naninhas no hospital, conta aos presos que as produziram o resultado da ação. “Eles ficam curiosos para saber como foi a entrega e a reação das crianças e isso, para eles, tem um efeito extremamente positivo. Um preso me contou que se no passado tivesse essas oportunidades não teria reincidido por três vezes. Isso nos estimula a continuar com o trabalho”.

A entrega das doações foi acompanhada pelas equipes médicas e administrativas do Hospital Universitário. O coordenador administrativo da instituição, Sidinei Aparecido dos Santos, disse que a ação social possui muito valor. “Um presente desse tem uma importância muito grande no tratamento e na recuperação dessas crianças. Isso faz bem até aos nossos servidores ao verem a alegria dos pequenos pacientes. É gratificante para todos nós”.

De acordo com o diretor da Penitenciária Industrial de Cascavel, Henrique Dondoni, a confecção das pelúcias ocorre por meio do projeto de artesanato, uma parceria entre o Departamento Penitenciário do Paraná e o Conselho da Comunidade de Cascavel. “O Conselho da Comunidade nos fornece todos os insumos, tanto para a almofada como para as naninhas. O coração serve como apoio para o conforto de mulheres que precisam fazer a retirada da mama, por conta do câncer”, afirmou.

Com Agência Estadual de Notícias

TOPO