Copagril
Municípios Capacitação

Curso propõe implantação de propriedade referência para produção de morangos em Santa Helena

O enfoque foi o cultivo de morango orgânico em bancada (Foto: Divulgação)

Capacitar os agricultores que irão iniciar o cultivo de morango em suas propriedades, com o uso de práticas agroecológicas está entre os objetivos de um curso desenvolvido em Santa Helena pela Cooperativa de Trabalho e Assistência Técnica do Paraná (Biolabore), juntamente com a Itaipu Binacional. Um grupo de 25 pessoas, formado por agricultores, técnicos e representantes do Instituto Emater, e Secretaria Municipal de Meio Ambiente, participou do treinamento dividido em dois períodos. O treinamento teve apoio da Secretarias de Agricultura e Meio Ambiente de Santa Helena; Centro de Apoio e Promoção da Agroecologia (Capa), e Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), Campus Pato Branco.

A metodologia consistiu de atividade desenvolvida pelo professor da UTFPR, de Pato Branco, Thiago de Oliveira Vargas. O enfoque foi o cultivo de morango orgânico em bancada. A palestra abordou aspectos relacionados ao cultivo do morangueiro e suas fisiologias, descrição das cultivares disponíveis no mercado; fontes de adubação orgânica; controle alternativo de pragas e doenças; e viabilidade econômica da cultura. O professor também relatou algumas experiências com as propriedades de referência na produção do morango acompanhadas por sua equipe, localizadas no Sudoeste e Oeste do Estado.

Casa do Eletricista ESCAVAÇÕES

Outra parte do curso foi conduzida pelo produtor de morango Gervásio Wingert, de Missal, acompanhado pela técnica do Capa, Daiana Pauletti. O destaque foi para as experiências com a produção do morango no solo, em sistema convencional e os desafios e benefícios da produção suspensa, em sistema orgânico.

O curso também contou com uma atividade prática de demonstração de algumas técnicas para implantação do morango em “slab”, como: forma de fabricação e composição do substrato; método para preenchimento, fechamento e furo dos “slabs”; implantação do sistema de irrigação, plantio correto das mudas e outros.

Durante o curso, ficou pré-agendada uma visita prática dos agricultores e demais interessados nas propriedades de referência citadas pelo professor Thiago Vargas. Também foi levantada a possibilidade de implantação de uma propriedade de referência na produção de morango no município de Santa Helena, através da parceria entre Biolabore, CAPA e UTFPR – Campus Pato Branco.

O curso teve apoio da Secretarias de Agricultura e Meio Ambiente de Santa Helena; Centro de Apoio Capa; e Universidade Tecnológica Federal do Paraná – UTFPR, Campus Pato Branco.

 

Com assessoria 

TOPO