Copagril
Municípios Eleições 2018

Pré-candidata a deputada federal, cabo Roseli precisa de 25 a 30 mil votos para se eleger

Presidente do PPL rondonense e pré-candidata a deputada federal, cabo Roseli: “Minha primeira bandeira é lutar por melhorias urgentes na saúde pública em nível nacional, que está um caos, assim como segurança” (Foto: Joni Lang/OP)

Recém-conduzida à presidência da comissão provisória do Partido Pátria Livre (PPL) em Marechal Cândido Rondon, a cabo Roseli Jussara Schmidt foi apresentada como pré-candidata a deputada federal ao pleito de outubro deste ano. Com décadas de bons serviços prestados à Polícia Militar (PM) do Paraná, atualmente a cabo Roseli integra os quadros da reserva remunerada da corporação. O anúncio ocorreu na semana passada, em reunião que culminou na constituição da comissão provisória da sigla em Marechal Rondon, oficializada pelo presidente estadual e deputado estadual Marcio Pacheco.

Em entrevista ao O Presente, a cabo Roseli revelou que a formação do PPL no município ocorreu no dia 08 de fevereiro. “Vimos no deputado Marcio Pacheco uma pessoa idônea, honesta. Me envolvi na política por gostar do trabalho que o deputado desenvolve”, comenta, ao explicar o motivo pelo qual tem pretensão de ingressar na vida pública. “Sou pré-candidata a deputada federal, enquanto o Marcio é pré-candidato a deputado federal”, enaltece, destacando que em se confirmando as candidaturas, esta será a dobradinha na microrregião rondonense.

Segundo a cabo Roseli, o PPL adota ideal político de centro, atuando de maneira firme e coerente na defesa dos direitos dos cidadãos.

Perguntada sobre apoios e aglutinações nas eleições deste ano, a pré-candidata revelou ter sido procurada por amigos, os quais se colocaram à disposição para ajudá-la no pleito. “No entanto, ainda é cedo para responder sobre apoios, pois estamos aguardando as definições das convenções para definir eventuais coligações”, salienta, emendando: “o PPL tem pré-candidato à Presidência da República”.

Pela sua atuação há décadas nos quadros da PM, a cabo Roseli reforça que suas principais bandeiras, caso conquiste êxito na eleição, estão relacionadas à saúde, educação e segurança. “Minha primeira bandeira é lutar por melhorias urgentes na saúde pública em nível nacional, que está um caos”, expõe.

 

Referência

O presidente do PPL no Paraná e pré-candidato à reeleição, deputado estadual Marcio Pacheco, em torno de 35 pessoas se disponibilizaram como pré-candidatos a deputado federal pelo PPL no Paraná. “Precisamos de 180 mil votos para eleger um deputado federal. Com a quantidade de pessoas apresentadas, nós pensamos que o postulante mais votado atinja de 25 mil a 30 mil, podendo chegar na condição de eleito na esfera federal”, enaltece.

 

Comissão provisória do PPL em Marechal Rondon

Presidente      cabo Roseli Schmidt

Vice-presidente      cabo Gilson Trimpler

Tesoureiro      Charles Hoppen

Secretária       Sílvia Meyer

PPL Mulher     Emanuele Cristine dos Santos

PPL Jovem     Leandro Almeida

 

Confira matéria completa na edição impressa de O Presente

TOPO