Pref. MCR – OktoberFest MCR 2019
Municípios Região Oeste

Prefeito de Maripá deve ser conduzido à presidência da Amop na próxima semana

Composição da chapa já está em andamento e houve entendimento pelo consenso

Foto: Ana Paula Wilmsen/OP

Os prefeitos que integram a Associação dos Municípios do Oeste do Paraná (Amop) devem se reunir, na próxima quarta-feira (28), para assembleia visando eleger a nova diretoria para a gestão 2018/2019. Ao que tudo indica, haverá consenso com a inscrição de apenas uma chapa, sendo que a composição já vem sendo articulada pelo prefeito de Maripá, Anderson Bento Maria, que colocou o nome à disposição para disputar a presidência.

Em entrevista ao Jornal O Presente durante sua participação no Concurso Nacional do Cupim Assado, em Pato Bragado, no domingo (18), o gestor lembrou que ainda no ano passado havia manifestado o desejo em comandar a Amop. Isto porque, como prefeito reeleito, poderia se dedicar à entidade, tendo em vista que a prefeitura estava administrativamente bem encaminhada. Da mesma forma fez o prefeito de Matelândia, Rineu Menoncin (Teixerinha), eleito à época.

Casa do Eletricista ESCAVAÇÕES

“Nos últimos dias chegamos em um consenso e eu abri mão para que ele pudesse conduzir os trabalhos da Amop. Naquela ocasião, tivemos uma conversa para que eu pudesse ter a oportunidade neste ano. Iniciou o ano e comecei a conversar com os prefeitos, que estavam me dizendo que palavra dada teria que ser cumprida. Felizmente prevaleceu o diálogo e bom-senso, pois o prefeito (Aparecido José Weiller) Júnior, de Jesuítas, também tinha interesse, mas conversamos e deu tudo certo. Agora estamos montando a nossa chapa”, informou.

Pela composição, o prefeito de Maripá deve ficar com a presidência e o prefeito de Capitão Leônidas Marques, Claudiomiro Quadri, que auxiliou no sentido de haver um entendimento pelo consenso, foi convidado para ser o 1º vice-presidente. Já o prefeito Júnior está compondo a chapa como 2º vice-presidente. “Os demais prefeitos no entorno de nós e das diversas cidades que integram a Amop estarão de certa forma compondo os departamentos e o restante da diretoria”, comenta.

 

Satisfeito

Bento Maria se mostra muito satisfeito pelo fato de não haver bate-chapa. Desta forma, expõe, será possível conduzir a Associação em um clima harmônico, com entrosamento e contando com a participação de todos.

“No passado vivemos esse momento de disputa e alguns prefeitos acabaram se afastando, sendo que esta não é a vontade de nenhum gestor da Amop. Pelo contrário, a entidade contava com 52 municípios e agora foi ampliada para 54 cidades. Essa é a Amop que queremos para todos nós: unida, com a participação de todos os prefeitos defendendo as bandeiras que são de interesse regional. A Amop é a associação municipalista mais forte do Estado do Paraná, representa uma região muito produtiva e precisamos tentar colher frutos disso ao defender as nossas bandeiras, como a duplicação de rodovias, investimentos em aeroporto e saúde regional, atenção à questão indígena, que atinge especialmente Guaíra, Terra Roxa e Santa Helena. Precisamos nos preocupar com isso, porque é uma situação que está próxima de todas as cidades lindeiras”, argumenta.

 

Essa matéria na íntegra você confere em nossa edição impressa desta terça-feira (20).

TOPO