TokLar Estofados
Paraná

Após segunda reunião, professores decidem manter greve

Brunno Covello/Agência de Notícias Gazeta do Povo

Legenda

Após seis horas de reunião com representantes do governo, os professores da rede estadual de ensino decidiram, ontem (20), manter a greve geral. A paralisação entra hoje (21) no 13º dia, e vai durar ao menos até segunda-feira (23), quando haverá uma nova rodada de negociações.

 

Na pauta financeira, havia um compromisso do governo de quitar todos os valores atrasados a partir de terça-feira (24), mas de forma parcelada. São R$ 82 milhões referentes às rescisões de contratos de 29 mil professores temporários. Há ainda o abono do terço de férias a todos os servidores desde dezembro.

Casa do Eletricista folha LORENZETTI

A proposta do governo é de pagar R$ 12 milhões em fevereiro (para quem tirou férias em novembro e dezembro) e o restante em março e abril, em duas parcelas iguais de R$ 72 milhões cada. A APP insistiu para que o pagamento seja feito todo de uma só vez. Ao todo, 950 mil alunos estão sem aulas em todo o Estado.

TOPO