Copagril – Sou agro com orgulho
Paraná

Cidade do Paraná suspende carnaval e eventos por causa da dengue

O avanço no número de casos de dengue em Rio Bom, no norte do Paraná, fez com que a prefeitura proibisse eventos que tenham aglomeração de pessoas. O decreto suspendeu os bailes de Carnaval, um tradicional torneio de futebol da cidade e adiou o retorno das aulas em escolas municipais. Esta é uma das medidas tomadas pela prefeitura para controlar a doença na cidade.

Segundo a secretaria municipal de Saúde, o município, de 3.385 habitantes. confirmou até sexta-feira (13) 32 casos da doença. Todos os casos são autóctones, ou seja, foram contraídos dentro da própria cidade. Foram registrados também 76 casos notificados.

Casa do Eletricista VERÃO 2022

Para o secretário municipal de Saúde, José Benedito de Andrade, o receio é que a transmissão da doença seja facilitada com a aglomeração de pessoas. É uma medida preventiva. Onde tem foco do mosquito e pessoas contaminadas, a transmissão na aglomeração acaba facilitada. É uma das ações para conter a epidemia, explica o secretário de Saúde José Benedito de Andrade.

Nied 2022 G

Com isso, o início do ano letivo foi adiado para aproximadamente 400 alunos de escolas públicas da cidade. O secretário de Saúde explica que o adiamento foi realizado para evitar que as crianças deixem de ir para a aula porque contraíram a doença, além do risco apontado para os casos de aglomeração.

CombateMax – Normal

Para não colocar em risco as crianças, nós conseguimos a autorização do Núcleo [Regional de Ensino] para adiar para após o Carnaval o início das aulas, diz Andrade. A previsão é que as atividades nas escolas sejam retomadas no dia 23 de fevereiro.

Outras atividades foram canceladas no município, como uma missa da Igreja Matriz e um tradicional torneio de futebol da cidade, que reúne 14 equipes e mais de 300 jogadores. Por causa da dengue, é melhor cancelar lá do que fazer um tumulto de gente e complicar mais ainda. Estamos perdendo [para o mosquito da dengue], mas vamos virar esse jogo ainda, diz o funcionário público Wendel Bernardes.

Além do decreto de suspender eventos com aglomeração de pessoas, a prefeitura está realizando arrastões em residências e empresas. O veneno para matar o mosquito Aedes Aegypti é aplicado nos imóveis.

Em Marilândia do Sul, a 23 km de Rio Bom, as aulas da única escola municipal também foram adiadas para prevenir o aparecimento de novos casos. De dezembro de 2014 a janeiro deste ano, já foram confirmados sete casos da doença e emitidas 150 notificações. O município de 8.863 habitantes não vive uma epidemia.

A Secretaria Estadual da Saúde (Sesa) informou que não recomenda o impedimento de aglomeração de pessoas, mas também não condena a ação. Para a Sesa, o mais importante é combater os focos do mosquito da dengue.

 

Dengue no estado

O último balanço da Secretaria Estadual da Saúde, divulgado na quinta-feira (12), aponta que sete municípios estão em situação de epidemia de dengue no Paraná. Além de Rio Bom, estão em situação de epidemia as cidades de Itaúna do Sul, Paranapoema, São João do Caiuá, São Pedro do Paraná, Jataizinho e Rancho Alegre do Oeste.

Ao todo, 107 cidades já registraram casos da doença. São 892 casos de dengue nos últimos seis meses, o que significa um aumento de 20,9% em relação ao mesmo período do ano passado, com 187 ocorrências a mais.

Grupo Costa Oeste 2021

 

TOPO