Paraná

Paraná bate recorde de doadores de órgãos

O Paraná registrou o maior número de doadores de órgãos da história do estado em um primeiro semestre. Apenas este ano, entre janeiro e junho, 203 famílias perderam parentes próximos e autorizaram a doação, 39% a mais em relação ao mesmo período do ano passado, quando 146 famílias disseram sim.

Contudo, o Ministério da Saúde continua alertando para o alto índice de recusas: 43% das famílias de todo o Brasil ainda dizem não e muitas vidas deixam de ser salvas. A campanha “Família, quem você ama pode salvar vidas” do governo federal, lançada na última quarta-feira, Dia Nacional do Doador de Órgãos, busca sensibilizar a população para a importância da doação de órgãos e de avisar a todos sobre o seu sim, fundamental para que o procedimento ocorra.
Com o aumento no número de doadores, foram realizados 1.010 transplantes no primeiro semestre deste ano no Paraná, um novo recorde. Ano passado, entre janeiro e junho, foram feitos 991 procedimentos. Se o ritmo for mantido até o fim do ano, o estado deve realizar 2.020 transplantes.
Entre os transplantes que mais comuns destacam-se os de córnea, rim, fígado, coração e pulmão. Os transplantes de fígado tiveram aumento de 12,3% neste ano em comparação ao primeiro semestre do ano passado, com total de 2.928 cirurgias.

Casa do Eletricista – TORNEIRAS ELÉTRICAS

Com informações BemParaná

TOPO