Copagril
Paraná

PRF e Força Nacional liberam trecho da BR-277

Divulgação

A Polícia Rodoviária Federal e a Força Nacional se encaminharam até o trecho da Br 277 em Medianeira, no interior do Paraná, na tarde de hoje (25), onde está acontecendo a paralisação dos caminhoneiros.

Segundo informações adquiridas no local, esse trecho estava totalmente interditado, e nenhum caminhão estava passando. Com uma determinação judicial de interdito proibitório, da 1° Vara Federal de Foz do Iguaçu, a PRF e a Força Nacional se encaminharam até o local para que o trânsito fosse normalizado. Segundo a determinação judicial, é previsto por lei o direito de se manifestar, por isso as paralisações podem continuar. Mas, existe outra lei que prevê o direito do cidadão de ir e vir.

Casa do Eletricista folha LORENZETTI

A PRF irá permanecer no local para informar aos condutores que se eles optem por seguir viagem, eles têm o direito de continuar. Assim como, quem quiser se manifestar por vontade própria tem o direito de permanecer no trecho, é o que informa o Inspetor Gênova, da PRF. Segundo os grevistas, eles continuaram as manifestações, já que é um direito poder se manifestar. Eles também querem deixar bem claro que as paralisações são pacificas e não apoiam nenhum tipo de violência. A greve já reflete no cotidiano da cidade, o combustível de vários postos de combustível já chegou ao fim.

Algumas indústrias pararam suas produções por falta de produtos e transporte, e a Prefeitura Municipal está fazendo somente serviços necessários, como o do SAMU, de ambulâncias e locomoção de pacientes em caso de urgência, e também hemodiálise. A principal reivindicação dos caminhoneiros é o descaso com a situação da classe, os altos custos dos fretes, pedágios e do óleo diesel.

As informações são do site Guia Medianeira.

TOPO